Panorama de Mercado 02/04/2020

0

Aos clientes e amigos,

 

Bom dia  👀 📊  ativos operando:  🏛 🇺🇸 DÓLAR ⬆  ➕0,15% 💱 🇪🇺EURO ⬇  ➖0,60%  🗞

 

Ibovespa futuro: 1%                                         Ásia (CSI300): 1,62%

Dow Jones Futuro: -0,35%                              Europa (Frankfurt): -1,70%

 

No mercado de câmbio: Dólar operando em alta no início dos negócios. E segue a instabilidade nos mercados em meio às pressões que os reflexos da pandemia de coronavírus tem ocasionado em diversas praças, resultado do aumento no número de infectados, reclusão social, interrupção de níveis produtivos, retração proveniente do aumento das incertezas em um cenário contracionista. Em meio a isso, governos e BCs buscam acalmar o ambiente com uma série de medidas visando a preservação da vida e manutenção dos empregos. Certamente que cada região tem uma particularidade própria, nesse aspecto os exames em massa podem ajudar a diagnosticar a situação oferecendo um mapeamento capaz de dar a cada uma delas o remédio na dose adequada. Claro que quanto maior a quantidade de exames, provavelmente maior será o número de confirmações, até porque existem casos assintomáticos. É preciso estar preparado para isso. Em um país de proporções continentais como o Brasil, devemos observar quadros regionais diversificados, e para cada um deles será necessário a dose correta de solução que possa destravar o cenário até que ele volte a normalidade, o que deve levar um tempo ainda. Nesta manhã, saíram dados nos Estados Unidos que mostram recorde pela segunda semana consecutiva nos números de pedidos de auxílio desemprego no país, conforme aumentam as restrições impostas pela pandemia. Os pedidos subiram para 6,65 milhões na última semana, ante os 3,3 milhões não revisados da semana anterior, ou seja, o maior boom da história nos empregos do país parece que vai ficando para trás. Na zona do euro, os preços ao produtor cairam mais que o esperado em fevereiro. E sobre o petróleo, Trump afirmou que conversou recentemente com os líderes da Rússia e da Arábia Saudita e crê num acordo "em poucos dias", reduzindo a produção para apoiar as cotações. Bastou a notícia para surgirem rumores de que a China, uma das maiores compradoras mundiais irá acelerar suas compras de petróleo abastacendo suas reservas. O BCB, por enquanto, realiza apenas suas operações de swaps.

 

🏛 🇺🇸  DÓLAR ⬆ INDEX: 0,40%  (Comportamento do dólar ante as principais moedas, no exterior).

🏛 🇺🇸  DÓLAR ⬆ FUTURO: 0,30%  (Comportamento do Dólar Futuro para o mês de Maio).

 

Na agenda interna,   O governo anunciou a prorrogação em dois meses do prazo da entrega da declaração do imposto de renda da pessoa física e lançou mais duas medidas tributárias, em nova rodada de iniciativas para tentar desafogar famílias e empresas em meio à crise econômica gerada pelo impacto da disseminação do coronavírus. O secretário da Receita Federal, José Tostes Neto, afirmou que as alíquotas de IOF sobre operações de crédito serão zeradas por 90 dias e anunciou também o diferimento das contribuições PIS/Pasep e Cofins e da contribuição patronal para previdência que seriam devidas pelas empresas nos meses de abril e maio. Agora, elas serão pagas em agosto e outubro.

O Congresso Nacional comunicou seus líderes sobre a convocação de sessão para votar o PLN 2, um dos projetos do Orçamento Impositivo, de interesse do governo para a realocação de recursos em um momento de enfrentamento da crise do coronavírus, mas também de parlamentares, que pressionam pela votação de matérias orçamentárias de olho no período eleitoral. O PLN propõe normas para aplicação da execução do Orçamento Impositivo, traz novas definições sobre meta fiscal, novo prazo para precatórios, possibilidade de alteração das classificações incluídas ou acrescidas por meio de emendas, e a regulamentação do dever de executar as programações orçamentárias relativas às despesas primárias discricionárias, entre outras. O vice-presidente do Senado, Antonio Anastasia (PSD-MG), que tem conduzido as sessões da Casa após o afastamento do presidente Davi Alcolumbre (DEM-AP), acometido pelo novo coronavírus, já havia anunciado, na terça-feira, a intenção de votar o PLN 2 hoje. Na ocasião, afirmou que sua aprovação favorecerá o governo para a realocação de recursos e o pagamento, por exemplo, do vale de 600 reais aos chamados vulneráveis. O governo tem algumas despesas obrigatórias tais como: pagamento da dívida pública, salário dos servidores, aposentadorias, diversos benefícios, todos definidos como despesas fixas e também as despesas discricionárias, que são aquelas as quais ele dispoe de liberadade para decidir, como por exemplo: financiamento a pesquisas cientificas, modernização de hospitais, construção de estradas, entre outras. Gastos obrigatórios deixam pouca margem para as demais despesas, em suma, é preciso calibrar as despesas obrigatórias e garantir a aplicação eficiente do que “sobrar”. O orçamento impositivo é a execução das programações de carater obrigatório que atenda de forma igualitária e impessoal às emendas parlamentares apresentadas, independente de autoria.

O governo federal vai colocar em funcionamento um programa que permitirá às empresas reduzir a jornada dos empregados, com corte proporcional nos salários, mas vai complementar a renda das pessoas afetadas por este tipo de medida. Sob o programa, o empregador poderá reduzir a jornada de trabalho e o salário dos empregados por meio de acordo – que poderá ser individual ou coletivo, a depender da situação. Ao mesmo tempo, o governo pagará um Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda aos funcionários atingidos pela redução de jornada. Para que ocorra a redução da jornada, as empresas devem manter o valor do salário-hora de trabalho. Além disso, a medida só pode vigorar por 90 dias enquanto durar o estado de calamidade pública.

 

 

Na agenda externa, Reguladores financeiros globais disseram que estão em negociações com governos para permitir que funcionários importantes de empresas financeiras trabalhem no local durante a pandemia de coronavírus para manter os mercados abertos.O Conselho de Estabilidade Financeira (FSB, na sigla em inglês), que coordena a regulamentação financeira do Grupo das 20 maiores economias (G20), disse que seus membros realizaram uma teleconferência em 30 de março para revisar ações a fim de manter os mercados em funcionamento e o fluxo de crédito para famílias e empresas."Uma questão importante discutida na teleconferência foi a natureza crítica de muitos serviços financeiros e a importância de garantir sua operação durante toda a pandemia", afirmou o FSB em comunicado."Os membros do FSB estão se engajando ativamente com as autoridades nacionais e locais para garantir que esse pessoal essencial tenha permissão para trabalhar no local… a fim de manter a infraestrutura, que é essencial, para o sistema financeiro", afirmou.

O escritório de estatísticas da União Europeia, Eurostat, disse que os preços nos portões das fábricas nos 19 países que usam o euro caíram 0,6% em fevereiro na comparação mensal, uma queda de 1,3% em relação ao ano anterior.

 

 

Nas Bolsas,  Os índices acionários da China fecharam em alta nesta quinta-feira, liderados pelas ações de tecnologia e de energia uma vez que os futuros do petróleo saltaram por expectativas de um acordo para acabar com a guerra de preços entre Arábia Saudita e Rússia. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 1,62%, enquanto o índice de Xangai teve alta de 1,69%. Bolsas Europeias em baixa.

 

Nos Estados Unidos, O número de mortos no Covid-19 é superior a 5.000, enquanto o número de casos confirmados aumentou mais de 200.000 até ontem.  O governo disse que relatórios da inteligência do país sugerem que a China sub reportou dramaticamente o impacto da doença. Crematórios na província de Hubei, onde a pandemia começou, teriam devolvido os restos mortais de muito mais pessoas do que se confirmou estar morrendo nos últimos dias, após o estado flexibilizar suas medidas de isolamento.

Em relação ao petróleo, o presidente Trump afirmou que conversou recentemente com os líderes da Rússia e da Arábia Saudita e que acredita que os países chegarão a um acordo para encerrar sua guerra de preços pelo mercado de petróleo "em poucos dias", reduzindo a produção para apoiar as cotações. Bastou a notícia para surgirem rumores de que a China, uma das maiores compradoras mundiais irá acelerar suas compras de petróleo abastacendo suas reservas.

O número de americanos que apresentaram pedidos de subsídio de desemprego na semana passada atingiu um recorde pela segunda semana consecutiva conforme mais jurisdições impunham medidas para conter o coronavírus. Os pedidos subiram para 6,65 milhões na última semana, ante os 3,3 milhões não revisados da semana anterior. As estimativas eram de aproximadamente 5,25 milhões. Mais de 80% dos americanos estão sob algum tipo de bloqueio, menos que 50% há algumas semanas, deixando os escritórios estaduais de emprego sobrecarregados por uma avalanche de pedidos. Economistas dizem que o país deve se preparar para que as reivindicações de desemprego continuem aumentando, citando parcialmente provisões generosas de um histórico pacote fiscal de US $ 2,2 trilhões assinado pelo presidente Donald Trump na última sexta-feira e o alívio das exigências do governo federal para que os trabalhadores busquem benefícios. Como resultado, trabalhadores por conta própria e trabalhadores que anteriormente não podiam reivindicar benefícios de desemprego agora são elegíveis.

 

ADVANCED – “A sua escolha em câmbio”.

 

Fonte: Reuters e Investing.com

Panorama de Mercado 01/04/2020

0

Aos clientes e amigos,

 

Bom dia  👀 📊  ativos operando:  🏛 🇺🇸 DÓLAR ⬆  ➕0,50% 💱 🇪🇺 EURO  ⬇  ➖0,35%  🗞 .

 

Ibovespa: -4,30%                                              Ásia (CSI300): -0,30%

Dow Jones Futuro: -3%                              Europa (Frankfurt): -4,10%

 

No mercado de câmbio: Dólar operando em alta no início dos negócios. Cenário recessivo cada dia mais claro conforme notícias chegam da Europa e Estados Unidos referentes ao mês de março. Na zona do euro, colapso na atividade industrial do bloco com o PMI final de industrial do IHS Markit indo a 44,5 e ao que tudo indica essa marca vai piorar.  Nos Estados Unidos o relatório do setor privado de empregos mostrou corte de 27 mil vagas, entretanto, o dado carrega consultas feitas em meados de março, portanto antes de muitos Estados e governadores ordenarem a reclusão social. Na próxima sexta-feira, sai o relatório geral de empregos do país, o payroll. Donald Trump alertou que as próximas duas semanas serão difíceis na luta contra o coronavírus, certamente com o aumento de número de infectados e mortos no país. Ainda nesta manhã os americanos trazem seus números de atividade industrial e o indice ISM de emprego no setor manufatureiro. Já na China, a atividade industrial melhorou em março depois de despencar no mês anterior. O PMI de indústria do Caixin/Markit subiu a 50,1 no mês passado, ante a mínima recorde de fevereiro de 40,3, e pouco acima da marca de 50 que separa crescimento de contração. O país que busca voltar ao normal ainda se ressente da fragilidade na demanda externa e a fraca demanda do consumidor. Por aqui, a produção industrial registrou alta de 0,5% em fevereiro, na comparação com o mês anterior, mas a partir do momento que adentrarmos nos dados do mês de março devemos ter problemas. O mundo tem passado por um choque de desaceleração, interrupções em cadeias globais, atividades em declínio, aumento no desemprego, e um ambiente recessivo cada dia mais evidente. Até por isso, Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central Brasileiro, prevê que a economia brasileira começará a melhorar somente no útimo trimestre desse ano após o meteóro viral atingir o mundo, ou seja, é precoupante. Por isso a importância de ter cautela e serenidade nesse momento onde se busca a cura para a pandemia, enquanto os BCs e governos vão trabalhando para suavizar os impactos nas economias.

 

🏛 🇺🇸  DÓLAR ⬆ INDEX: 0,55%  (Comportamento do dólar ante as principais moedas, no exterior).

🏛 🇺🇸  DÓLAR ⬆ FUTURO: 0,70%  (Comportamento do Dólar Futuro para o mês de Maio).

 

Na agenda interna,   A produção industrial brasileira registrou alta de 0,5 por cento em fevereiro na comparação com o mês anterior, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, a produção caiu 0,4 por cento.

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, previu  que a economia brasileira vai começar a melhorar a partir do último trimestre do ano, com recuperação "boa" em 2021. Campos Neto disse que o BC vai revisar sua projeção para variação real do PIB neste ano, atualmente em zero. "Eu acho que é difícil fazer uma previsão, mas nós entendemos que no último trimestre já vai estar começando a melhorar e no ano que vem é um ano de recuperação boa", disse Campos Neto em entrevista à CNN Brasil. Ele citou que a economia vinha dando sinais de retomada, mas que houve uma interrupção como se tivesse "caído um meteoro".

 

Na agenda externa, A atividade industrial da zona do euro entrou em colapso no mês passado uma vez que as interrupções nas cadeias globais de oferta causadas pelas medidas para conter a pandemia de coronavírus derrubaram a produção, de acordo com a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês). O PMI final de indústria do IHS Markit despencou a 44,5, abaixo da preliminar de 44,8 e da marca de 49,2 em fevereiro. A leitura foi a mais baixa desde meados de 2012, em meio à crise da dívida da zona do euro, e bem abaixo da marca de 50 que separa crescimento de contração. O subíndice de produção recuou a 38,5 de 48,7, abaixo da preliminar de 39,5 e o nível mais baixo desde abril de 2009, em meio à recessão que se seguiu à crise financeira global. "Mesmo a queda no PMI para uma mínima de sete anos e meio mascara a gravidade do recuo na indústria já que inclui uma medida de atraso na cadeia de oferta, que impulsionou o índice", explicou Chris Williamson, economista-chefe do IHS Markit. "Atrasos de oferta são normalmente vistos como um sinal de aumento da demanda, mas no momento atrasos perto de recordes são uma indicação de fechamentos de fábricas em todo o mundo." A demanda também piorou. O subíndice de novas encomendas caiu para a mínima de 11 anos de 37,5 ante 49,4, maior queda mensal nos 23 anos de história da pesquisa. Todos os subíndices na pesquisa ficaram abaixo de 50 e a leitura de produção futura foi de longe a mais baixa desde que o IHS Markit começou a coletar os dados em meados de 2012, levando as empresas a cortar empregos no ritmo mais rápido em mais de uma década.

A atividade industrial da China melhorou em março depois de despencar no mês anterior. O PMI de indústria do Caixin/Markit subiu a 50,1 no mês passado, ante a mínima recorde de fevereiro de 40,3, e pouco acima da marca de 50 que separa crescimento de contração. O país que busca voltar ao normal ainda se ressente da fragilidade na demanda externa e a fraca demanda do consumidor.

A Comissão Europeia propôs um esquema de jornada de trabalho reduzida baseado no programa Kurzarbeit da Alemanha para ajudar as pessoas a manterem seus empregos enquanto a pandemia de coronavírus atinge as economias do bloco de 27 países.Ao anunciar o esquema por mensagem de vídeo, a chefe da Comissão, Ursula von der Leyen, não deu detalhes sobre como ele será financiado, dizendo apenas que seria garantido por todos os países da UE – uma pista de que poderia estar vinculado ao Orçamento da UE."As empresas estão pagando salários a seus funcionários, mesmo que, no momento, não estejam ganhando dinheiro. A Europa agora irá apoiar, com uma nova iniciativa", disse von der Leyen."O objetivo é ajudar a Itália, a Espanha e todos os outros países que foram duramente atingidos. E o fará graças à solidariedade de outros Estados membros", disse ela.De acordo com o antigo esquema alemão, o governo paga parte do salário de um trabalhador quando as empresas cortam suas horas diante de uma desaceleração para impedir que eles percam o emprego por completo.

A Comissão informou que mais detalhes de seus planos estarão disponíveis na quinta-feira."Se não houver encomendas e as empresas ficarem sem trabalho por causa de um choque externo temporário como a corona, elas não devem demitir seus trabalhadores", disse von der Leyen."Dessa forma, as pessoas são poupadas do buraco em suas carteiras durante a crise. Elas podem continuar pagando seus aluguéis e comprando o que precisam. E isso também tem um impacto positivo na economia", afirmou ela.

 

Nas Bolsas,  As ações da China encerraram a primeira sessão do segundo trimestre em baixa nesta quarta-feira, em linha com os mercados asiáticos em geral, embora as perdas tenham sido limitadas pelas esperanças de que Pequim divulgue mais medidas para reforçar a economia atingida pela pandemia de coronavírus. O índice CSI300 .CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,3%, enquanto o índice de Xangai .SSEC teve queda de 0,57%. O subíndice do setor financeiro .CSI300FS teve variação positiva de 0,04%, o de consumo teve queda de 0,93%, o setor imobiliário subiu 1,12% e o subíndice de saúde recuou 1,51%. As perdas no continente foram relativamente limitadas devido à esperança de mais estímulos para ajudar a sustentar a segunda maior economia do mundo. A China intensificará os ajustes de política fiscal e monetária para combater o impacto do surto de vírus, informou a mídia estatal na terça-feira, citando uma reunião do gabinete presidida pelo premiê Li Keqiang. Bolsas europeias em forte baixa.  

 

Nos Estados Unidos, A criação de postos de trabalho no setor privado recuou em março pela primeira vez desde 2017, provavelmente porque as empresas fecharam em conformidade com medidas de isolamento impostas pelas autoridades para conter a pandemia de coronavírus, apoiando as opiniões dos economistas de que o maior boom de empregos da história terminou no mês passado. O Relatório Nacional de Emprego da ADP nesta quarta-feira mostrou corte de 27 mil vagas no mês passado no setor privado. O número veio abaixo do esperado em virtude das consultas terem ocorrido em meados de março, antes de muitos Estados e governos locais ordenarem que os moradores ficassem em casa, a menos que estivessem em atividades essenciais. Ainda hoje saem dados do PMI Industrial  e o indice ISM de emprego no setor manufatureiro, ambos referentes ao mês de março, entre 10H45 e 11H.

 

ADVANCED – “A sua escolha em câmbio”.

 

Fonte: Reuters.

Panorama de Mercado 31/03/2020

0

Aos clientes e amigos,

 

Bom dia  👀 📊  ativos operando:  🏛 🇺🇸 DÓLAR  ⬇ ➖0,05%  💱 🇪🇺 EURO ⬇  ➖0,65%  🗞 .

 

 

Ibovespa futuro: -0,70%                                   Ásia (CSI300): 0,33%

Dow Jones Futuro: -0,25%                              Europa (Frankfurt): -0,20%

 

No mercado de câmbio: Dólar operando em leve baixa após abrir em alta no início dos negócios. Fim de mês, final de trimestre. Enquanto a China surpreende mostrando que a atividade industrial do país expandiu-se em março, com o PMI industrial indo a 52, ante 35,7 em fevereiro, persistem impactos mais severos do coronavírus no restante do planeta, o que corresponde dizer que a estabilidade na atividade asiática ainda não é assegurada diante de um cenário onde a demanda externa está comprometida. Hoje a noite saem mais dados de atividade no país. Na zona do euro, a inflaçao desacelerou com o enfraquecimento na atividade economica do bloco e queda no preço do petróleo. No Brasil, a confiança empresarial caiu devido a piora nas expectativas em diversos setores, sobretudo no comércio e serviços, resultado dos significativos reflexos negativos que a pandemia traz. Quanto a pesquisa nacional por amostra de domicílios, Pnad, o Brasil registra taxa de desemprego de 11,6% nos três meses até fevereiro. Nos Estados Unidos, logo mais as 11H saem os dados da confiança do consumidor em março. Lembrando que a guerra pela formação da ptax costuma deixar as cotações voláteis no último dia do mês. Quanto ao trimestre, dificilmente será esquecido, em um quadro que compromete acentuadamente as perspectivas iniciais para o ano de 2020. O que tiraremos de lição disso, saberemos em breve. A OMS (Organizaçao Mundial da Saúde) disse entender que o surto de Covid-19 deve atingir o pico em breve na Europa, e o Congresso americano trabalha para aprovar mais um pacote de apoio ao país.

 

🏛 🇺🇸  DÓLAR ⬆  INDEX: 0,40%  (Comportamento do dólar ante as principais moedas, no exterior).

🏛 🇺🇸  DÓLAR ⬇  FUTURO: 0,05%  (Comportamento do Dólar Futuro para o mês de Maio).

 

Na agenda interna,  O secretário do Tesouro, Mansueto Almeida, afirmou que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que autoriza o BC a comprar dívidas deve deixar claro a existência de eventual impacto fiscal. Questionado sobre como o Tesouro vê a possibilidade de uma política de Quantitative Easing (QE) no Brasil a partir dessa PEC, ele disse acreditar que o Banco Central está tendo todo o cuidado em desenhar essa medida. "O que é importante é que qualquer medida do Banco Central, se ela tiver a possibilidade de ter algum impacto fiscal, isso tem que ficar muito claro e tem que ser autorizado pelo Congresso Nacional", disse. Mansueto ponderou que em períodos "anormais", os bancos centrais do mundo todo, incluindo o Federal Reserve nos Estados Unidos, "têm maior grau de liberdade para fazer algumas operações atípicas". "Acho que proposta do Banco Central do presidente Roberto Campos é ter alguma flexibilidade a mais, da mesma forma que têm outros bancos centrais", disse.

O Índice de Confiança Empresarial (ICE) da Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE) caiu 6,5 pontos em março, para 89,5 pontos, menor nível desde setembro de 2017 (88,5 pontos). Com o resultado, a média do primeiro trimestre de 2020 terminou 1,1 ponto inferior à média do trimestre anterior. “A pandemia de coronavírus impactou significativamente a confiança empresarial em março, levando o ICE à maior queda desde a recessão de 2008-09. Houve piora expressiva das expectativas em todos os setores, especialmente no Comércio e em Serviços, enquanto a percepção sobre a situação corrente piorou relativamente pouco. Ainda assim, segmentos que vinha evoluindo favoravelmente no ano, como a Indústria e a Construção, acusaram o baque e sinalizam redução do nível de atividade no mês. Enquanto persistirem os impactos da pandemia no país nos próximos meses, o cenário de confiança em queda deve se manter”, afirma Rodolpho Guedon Tobler, economista da FGV IBRE. O Índice de Confiança Empresarial (ICE) consolida os índices de confiança dos quatro setores cobertos pelas Sondagens Empresariais produzidas pela FGV IBRE: Indústria, Serviços, Comércio e Construção.

Quanto a pesquisa nacional por amostra de domicílios, Pnad, o Brasil registra taxa de desemprego de 11,6% nos três meses até fevereiro.

 

 

Na agenda externa, A inflação na zona do euro desacelerou com força este mês com a queda nos preços do petróleo, sinalizando o início de uma possível espiral desinflacionária uma vez que as contenções em resposta ao coronavírus provocam um dramático enfraquecimento da atividade econômica. A inflação nos 19 países que usam o euro caiu a 0,7% de 1,2% em fevereiro sobre o ano anterior, informou a Eurostat, abaixo da expectativa de 0,8%. Na China a atividade industrial expandiu-se em março com o PMI, indice de gerentes de compras, indo a 52, ante 35,7 em fevereiro, porém, a estabilidade na atividade asiática ainda nao é assegurada diante de um cenário onde a demanda externa está comprometida com as maiores economias do mundo enfrentando dificuldades devido a pandemia de coronavírus. Hoje a noite saem mais dados de atividade no país.

 

 

Nas Bolsas,  As ações chinesas subiram nesta terça-feira depois que o país divulgou uma atividade industrial melhor do que a esperada, embora os temores de uma queda econômica decorrente da pandemia de coronavírus tenham levado o mercado de ações ao seu pior trimestre desde 2018. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,33%, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,11% com a esperança de que a segunda maior economia do mundo possa se recuperar em breve do choque inicial causado pelo surto. Bolsas europeias em baixa.

 

Nos Estados Unidos,  indice de preços de imóveis em janeiro e sobretudo a confiança do consumidor (11H) em março formam a agenda. 

 

ADVANCED – “A sua escolha em câmbio”.

 

Fonte: Reuters.

Panorama de Mercado 30/03/2020

0

Aos clientes e amigos,

 

Bom dia  👀 📊  ativos operando:  🏛 🇺🇸  DÓLAR    ⬆  ➕0,95%  💱 🇪🇺 EURO  ⬆  ➕0,05%  🗞.

 

Ibovespa futuro: 0,80%                                   Ásia (CSI300): -0,97%

Dow Jones Futuro: 1%                              Europa (Frankfurt): 0,35%

 

No mercado de câmbio: Dólar operando em alta no início dos negócios. E continua a sangria global em relação aos impactos que a pandemia de coronavírus vem trazendo as economias globais, consumidores, investidores e empresários, refletindo em revisões para baixo em expectativas de crescimento global e acelerando o processo recessivo diante da situação. Por falar nelas, vamos ao que o boletim Focus do Banco Central trouxe hoje em relação as projeções do mercado financeiro para o final deste ano. São elas: IPCA: 2,94%, PIB: -0,48%, USD: 4,50, SELIC: 3,50%, PROD.INDL.: 0,85%, BALANÇA COML.: USD 35 Bilhoes e INVESTIMENTOS DIRETOS NO PAÍS: USD 80 Bilhoes. Em relação a semana anterior, redução nas expectativas para IPCA, PIB (acentuadamente), SELIC, PROD.INDL e BALANÇA COMERCIAL. E segundo o ministério da saúde, o Brasil registrou até ontem 136 mortes por coronavírus e 4.256 casos confirmados do Covid-19. A partir do momento em que testes em massa forem acelerados esse número certamente aumentará, mas o procedimento é essencial para mapear localizaçoes que concentram os maiores problemas, separar os infectados dos saudáveis, tratar os casos, e liberar as pessoas ao trabalho com maior segurança no tempo adequado enquanto mais medidas de prevençao possam ser implementadas. Na agenda doméstica, outro indicador que caiu com força foi o indice de confiança de serviços (ICS) em março, conforme aumenta a incerteza e se espera mais dificuldades nos próximos meses. Já o IGP-M subiu 1,24% no mes. No exterior, o consumidor da zona do euro ve a confiança ir a -11,6 em março, ante -6,2 de fevereiro, já demonstrando que o mês deve marcar mais dados negativos visto que foi  em março que a maioria das atividades sociais foram suspensas, dados econômicos retrocederam assustadoramente em diversas praças globais e o sentimento piorou acentuadamente, seja do consumidor, investidor ou empresário. Vale ressaltar que a semana reserva ainda diversos dados de atividade no mundo, em março, ênfase para setores industrial e de serviços, além do relatório geral do mercado de trabalho americano, o payroll que sai na sexta-feira. Além disso, Donald Trump resolveu ampliar o prazo de reclusão nos Estados Unidos até o final de abril após um conselheiro médico dizer que a reabertura antecipada poderia alavancar o número de mortes no país o que derruba mais uma vez o preço do petróleo a níveis mínimos, devido ao excesso de oferta. Na China, o Banco do Povo flexibilizou sua política monetária. A maioria dos bancos do país alertaram que a qualidade dos seus ativos podem sofrer até o final do ano, diante do quadro recessivo que o primeiro trimestre desenha.

 

🏛 🇺🇸  DÓLAR ⬆  INDEX: 0,86%  (Comportamento do dólar ante as principais moedas, no exterior).

🏛 🇺🇸  DÓLAR ⬆  FUTURO: 0,80%  (Comportamento do Dólar Futuro para o mês de Maio).

 

Na agenda interna,  O Brasil registrou 136 mortes por causa do coronavírus, informou o Ministério da Saúde, um aumento de 22 novos óbitos em relação à véspera, e o país já registrou 4.256 casos confirmados do Covid-19, doença causada pelo vírus. De acordo com os números da pasta, nas últimas 24 horas o Brasil registrou 352 novos casos confirmados, número inferior aos 487 novos diagnósticos registrados entre a sexta-feira e o sábado. São Paulo é de longe o Estado com mais casos da doença, 1.451, sendo o epicentro da pandemia de coronavírus no Brasil, também com 98 mortes provocadas pelo Covid-19. A partir do momento em que testes em massa forem acelerados esse número certamente aumentará, mas o procedimento é essencial para mapear localizaçoes que concentram os maiores problemas, separar os doentes dos saudáveis, tratar os casos, e liberar as pessoas ao trabalho com maior segurança no tempo adequado enquanto mais medidas de prevençao possam ser implementadas.

O Índice de Confiança de Serviços (ICS), da Fundação Getulio Vargas, caiu 11,6 pontos em março, para 82,8 pontos, acumulando queda de 13,4 pontos no primeiro trimestre de 2020. Em médias móveis trimestrais, o índice recuou 4,5 pontos. “A confiança de serviços, que já vinha apresentando resultados fracos nos primeiros meses do ano, despenca sob impacto do coronavírus. O resultado já mostra que mesmo em março o setor enfrentou dificuldades e o volume de serviços foi afetado. Mas o recuo realmente expressivo foi registrado nas expectativas dos empresários, sugerindo que o setor está muito assustado com este momento de muita incerteza e projeta mais dificuldades ainda para os negócios nos próximos meses”, avaliou Rodolpho Tobler, economista da FGV IBRE. Já o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) subiu 1,24% em março, percentual superior ao apurado em fevereiro, quando a taxa foi de -0,04%. Com este resultado, o índice acumula alta de 1,69% no ano e de 6,81% em 12 meses. 

 

 

Na agenda externa, A confiança do consumidor na zona do euro foi a -11,6 em março, ante -6,2 em fevereiro, já demonstrando que o mês deve marcar mais dados negativos visto que foi  neste mês que se encerra amanha, que a maioria das atividades sociais foram suspensas, dados econômicos retrocederam assustadoramente em diversas praças globais e o sentimento piorou acentuadamente, seja do consumidor, investidor ou empresário. Vale ressaltar que a semana reserva ainda diversos dados de atividade no mundo, em março, ênfase para setores industrial e de serviços, além do relatório geral do mercado de trabalho americano, o payroll que sai na sexta-feira.

Os preços do petróleo caíram para uma mínima de 17 anos depois que o presidente Trump adiou a data para reabrir a economia dos EUA, criando um problema ainda maior de excesso de oferta no curto prazo.

O banco central da China voltou ao grupo dos bancos centrais globais, flexibilizando a política monetária após um hiato. O Banco Popular da China reduziu sua taxa de recompra reversa de sete dias, um ponto de referência importante para suas outras taxas de referência em 20 pontos base, para a mínima histórica de 2,2%. Os maiores bancos da China alertaram que a qualidade de seus ativos poderia sofrer no final do ano devido à recessão pós-pandemia, apesar de apresentar resultados melhores do que o esperado para o último trimestre. Relatos na imprensa apontam que a taxa de mortalidade real em Wuhan foi muito maior do que os dados oficiais admitidos pelo governo chinês.

 

 

Nas Bolsas,  Os índices acionários da China fecharam em baixa nesta segunda-feira com as preocupações dos investidores sobre o coronavírus ofuscando o corte inesperado de juros pelo banco central do país. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 0,97%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,9%. Bolsas europeias  com desempenhos mistos.

 

Nos Estados Unidos, Donald Trump, prorrogou as diretrizes de permanência em casa até o final de abril, abandonando um plano duramente criticado para reativar a economia até meados de abril depois que um conselheiro médico graduado disse que mais de 100 mil norte-americanos poderiam morrer durante o surto de coronavírus. Trump disse que explicará sua decisao com maiores detalhes amanha.

 

ADVANCED – “A sua escolha em câmbio”.

 

Fonte: Reuters e Investing.com

Panorama de Mercado 26/03/2020

0

Aos clientes e amigos,

 

Bom dia  👀 📊  ativos operando:  🏛 🇺🇸 DÓLAR  ⬇ ➖0,75%  💱 🇪🇺 EURO ⬇  ➖0,10%  🗞

 

Ibovespa futuro: 4,20%                                   Ásia (CSI300): -0,66%

Dow Jones Futuro: 2,30%                              Europa (Frankfurt): -1,50%

 

No mercado de câmbio: Dólar operando em baixa no início dos negócios. O Senado americano aprovou por 96 a 0 (unanimidade) um projeto de lei que visa auxiliar trabalhadores desempregados e indústrias afetas pela epidemia de coronavírus no valor de USD 2 trilhões, agora o pacote irá à votação da câmara dos deputados amanhã para depois ser sancionado por Donald Trump. O projeto é importante diante de uma situação que traz reflexos altamente negativos, por exemplo, na última semana o número de americanos que solicitaram o auxílio desemprego saltou para o recorde de mais de 3,28 milhões de pessoas, ante 282 mil revisados na semana anterior. De maneira geral, é essencial que medidas de prevenção e contenção acontecem na dose certa, algo que ainda está sendo buscado. Exames em massa, separação dos infectados das pessoas saudáveis, tratamento e o mapeamento da situação real em cada localidade, podem ajudar a encontrar um diagnóstico equilibrado, também é claro a conscientização das pessoas de que é preciso se cuidar, com os governos dando apoio irrestrito oferecendo o necessário para que elas possam retornar ao trabalho no tempo certo, se sentindo mais seguras. Máscaras, álcool gel, informação de qualidade, enfim, tudo o que for feito em conjunto é bem vindo. O momento exige serenidade e ação. Enquanto a cura para a pandemia não chega, segue o trabalho dos Bancos Centrais buscando dar funcionalidade aos mercados. O Europeu, reduziu os limites sobre compras de títulos de qualquer país da zona do euro, abrindo caminho para uma impressão potencialmente ilimitada de dinheiro em resposta ao coronavírus. O Americano, dá apoio reduzindo juro, comprando titulos, aumentando a liquidez, o Inglês segue prometendo comprar mais ativos se preciso, e o Brasileiro como estamos observando realiza diversas operações no sentido de evitar distorções nos preços, fornecer liquidez e oxigenar o ambiente de negócios. Tudo isso resolve? Não, mas é essencial nesse período de forte instabilidade nos mercados. Roberto Campos Neto, presidente do BCB dará entrevista logo mais às 11H para comentar o relatório trimestral de inflação.

 

🏛 🇺🇸  DÓLAR ⬇ INDEX: 1%  (Comportamento do dólar ante as principais moedas, no exterior).

🏛 🇺🇸  DÓLAR ⬇ FUTURO: 1%  (Comportamento do Dólar Futuro para o mês de Maio).

 

Na agenda interna,   O Banco Central cortou sua projeção para o Produto Interno Bruto (PIB) a zero em 2020, ante crescimento de 2,2% calculado em dezembro, destacando que a estabilidade agora vista está associada a impactos econômicos “expressivos” decorrentes da pandemia de coronavírus, conforme Relatório Trimestral de Inflação publicado nesta quinta-feira. “Adicionalmente, resultados abaixo do esperado em indicadores econômicos no final de 2019 e início de 2020 afetaram a expectativa de desempenho da atividade no primeiro trimestre”, disse o BC.

O presidente Jair Bolsonaro usou o Twitter para negar que esteja tratando a pandemia de coronavírus com descaso e disparou contra críticos, ao afirmar que fazer “politicagem” durante a pandemia é “coisa de covarde”. “Não queremos descaso com a questão da Covid-19. Apenas buscamos a dose adequada para combater esse mal sem causar um ainda maior. Se todos colaborarem, poderemos cuidar e proteger os idosos e demais grupos de risco, manter os cuidados diários de prevenção e o país funcionando”, escreveu o presidente. “É mais fácil fazer demagogia diante de uma população assustada do que falar a verdade. Isso custa popularidade. Não estou preocupado com isso! Aproveitar-se do medo das pessoas para fazer politicagem num momento como esse é coisa de COVARDE! A demagogia acelera o caos.”

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), sinalizador do Produto Interno Bruto (PIB), registrou alta de 0,24% em janeiro na comparação com o mês anterior, segundo dados dessazonalizados divulgados pelo BC nesta quinta-feira. Na comparação com janeiro de 2019, o IBC-Br apresentou ganho de 0,69% e, no acumulado em 12 meses, teve avanço de 0,86%, segundo números observados.

 

 

Na agenda externa, O Banco Central Europeu reduziu os limites sobre compras de títulos de qualquer país da zona do euro, abrindo caminho para uma impressão potencialmente ilimitada de dinheiro em resposta ao coronavírus. Em uma decisão publicada de um dia para o outro, o BCE disse que não aplicará limites auto-impostos a um esquema de compra de títulos de 750 bilhões de euros, destinado a combater as consequências econômicas e financeiras da epidemia. Isso abre caminho para que o BCE detenha mais de um terço da dívida de qualquer país — um nível que está próximo de atingir com a Alemanha e alguns países menores — e concentre seu estímulo onde for mais necessário e o amplie pelo tempo que quiser. Mas também o deixa exposto a desafios e acusações legais de que está bancando diretamente os governos.

 

 

Nas Bolsas,  Os índices acionários da China fecharam em baixa nesta quarta-feira uma vez que os investidores realizaram lucros após dois dias de fortes ganhos, e depois de o aumento no número de casos importados de coronavírus ter levado Pequim a apertar os controles para evitar uma retomada das infecções. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 0,66%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,6%. O subíndice do setor financeiro do CSI300 perdeu 0,27%, o de consumo caiu 0,45%, o imobiliário teve queda de 0,82% e o de saúde subiu 1,75%. A China continental registrou o segundo dia consecutivo sem nenhuma nova infecção conforme o epicentro da pandemia, a província de Hubei, reabre suas fronteiras, mas os casos importados subiram. Bolsas europeias em baixa.

 

 

Nos Estados Unidos, O número de norte-americanos que registram pedidos de auxílio-desemprego disparou para o recorde de mais de 3 milhões na semana passada, com medidas estritas para conter a pandemia de coronavírus interrompendo repentinamente a atividade nos Estados Unidos, desencadeando uma onda de dispensas que provavelmente acabou com o maior impulso no mercado de trabalho na história dos EUA. Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego subiram para 3,28 milhões na última semana, ante 282 mil revisados ​​na semana anterior, apagando o recorde anterior de 695 mil estabelecido em 1982, disse o Departamento do Trabalho dos EUA nesta quinta-feira.

Os Estados Unidos “podem muito bem estar em recessão”, mas o progresso no controle da disseminação do coronavírus determinará quando a economia poderá ser reaberta completamente, disse Jerome Powell, chairman do Federal Reserve, em entrevista ao Today Show da NBC. “Nós não somos especialistas em pandemia … Nós tenderíamos a ouvir os especialistas. O Dr. Fauci disse que algo como o vírus vai definir o cronograma, e isso me parece correto”, disse Powell, em referência a Anthony Fauci, chefe do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas. “A primeira ordem de negócios será controlar a propagação do vírus e depois retomar a atividade econômica.”

O Senado aprovou por unanimidade um projeto de lei de 2 trilhões de dólares pra ajudar trabalhadores desempregados e indústrias afetadas pela epidemia do coronavírus, além de fornecer bilhões de dólares para comprar urgentemente equipamento médico necessário. Após fortes negociações, o profundamente dividido Senado se uniu e aprovou o projeto de lei por 96 a 0, o que envia o pacote de estímulo à Câmara dos Deputados para votação na sexta-feira. O presidente Donald Trump, cujos principais assessores ajudaram a negociar a medida bipartidária, prometeu promulgá-la assim que ela chegar à sua mesa. "Vou assiná-la imediatamente", disse Trump a repórteres na quarta-feira. O pacote de resgate –que pode ser o maior já aprovado pelo Congresso– inclui um fundo de 500 bilhões de dólares para ajudar indústrias afetadas e um valor semelhante para pagamentos diretos de até 3 mil dólares para milhões de famílias norte-americanas.

 

ADVANCED – “A sua escolha em câmbio”.

 

Fonte: Reuters.

Panorama de Mercado 25/03/2020

0

Aos clientes e amigos,

 

Bom dia  👀 📊  ativos operando:  🏛 🇺🇸 DÓLAR ⬇  ➖0,50% 💱 🇪🇺 EURO  ⬇  ➖0,30%  🗞 .

 

Ibovespa futuro: 1,80%                             Ásia (CSI300): 2,69%

Dow Jones Futuro: 1%                              Europa (Frankfurt): -1%

 

No mercado de câmbio: Dólar operando em baixa no início dos negócios. Republicanos e democratas americanos chegaram a um acordo e ainda hoje devem votar favoravelmente a um pacote de estímulos econômicos para aliviar os impactos do coronavírus, em um montante de USD 2 trilhoes. Por aqui, saiu o IPCA-15, que mede a variação dos custos dos gastos do dia 15 de um mês ao dia 15 do mês subsequente, em março, o indicador considerado a prévia da inflação oficial subiu 0,02%, ante 0,22% no mês anterior. Sobre o balanço de pagamentos, a contabilidade nacional em transações correntes que registra o total de recursos que entra e sai na forma de importações e exportações de produtos, serviços e capital financeiro, em fevereiro de 2020, o déficit totalizou US$3,9 bilhões, ante déficit de US$3,3 bilhões no mesmo mês de 2019. Já o setor de serviços brasileiro registrou crescimento de 0,6% em janeiro ante dezembro, após dois meses seguidos de queda. O Banco Central Brasileiro já realizou nesta manha leilão de linha, vendas conjugado a compras, no intuito de manter a liquidez nos mercados. Na Alemanha, o instituto Ifo, desenhou um cenário recessivo para o pais com as expectativas empresariais ao nível mais baixo desde 2009. Já o governo do Japão está considerando um pacote de estímulo fiscal que vale aproximadamente 10% da produção econômica anual para combater o impacto do surto de coronavírus. Uma nota: O Banco Central adiou para 1º de junho, o prazo para a entrega da declaração anual de capitais brasileiros no exterior (DCBE), citando as dificuldades criadas pela pandemia do coronavírus. O prazo original para a entrega da declaração, que é obrigatória para empresas e pessoas físicas que detinham ativos no exterior equivalentes a um mínimo de 100 mil dólares em 31 de dezembro, vencia em 5 de abril.

 

🏛 🇺🇸  DÓLAR ⬇ INDEX: 0,50%  (Comportamento do dólar ante as principais moedas, no exterior).

🏛 🇺🇸  DÓLAR ⬇ FUTURO: 0,45%  (Comportamento do Dólar Futuro para o mês de abril).

 

Na agenda interna,   O Banco Central adiou para 1º de junho, o prazo para a entrega da declaração anual de capitais brasileiros no exterior (DCBE), citando as dificuldades criadas pela pandemia do coronavírus. O prazo original para a entrega da declaração, que é obrigatória para empresas e pessoas físicas que detinham ativos no exterior equivalentes a um mínimo de 100 mil dólares em 31 de dezembro, vencia em 5 de abril. O prazo final da entrega da declaração trimestral também foi adiado de 5 de junho para 15 de julho.

 

Na agenda externa, A economia da Alemanha pode contrair-se em até 20% este ano devido ao impacto do coronavírus, disse um economista do Ifo, com o moral empresarial alemão caindo para seu nível mais baixo desde a crise financeira global, em 2009. A previsão devastadora veio no momento em que os parlamentares discutem um pacote de resgate sem precedentes no valor de mais de 750 bilhões de euros, pelo qual o governo quer que o parlamento suspenda o freio da dívida consagrado constitucionalmente. Os resultados finais da pesquisa do instituto Ifo mostraram que seu índice de clima de negócios caiu de 96,0 para 86,1 em fevereiro. "Esta é a queda mais acentuada desde a reunificação alemã e o valor mais baixo desde julho de 2009", disse o presidente do Ifo, Clemens Fuest, em comunicado. "A economia alemã está em choque", disse Fuest, acrescentando que as expectativas empresariais em particular haviam piorado como nunca antes, enquanto a avaliação das empresas sobre sua situação atual também caiu acentuadamente. No setor de serviços, o indicador de clima de negócios registrou a maior queda desde que os dados foram coletados pela primeira vez, em 2005. No setor manufatureiro, o índice caiu para o nível mais baixo desde agosto de 2009, com o subíndice de expectativas registrando a queda mais acentuada em 70 anos de pesquisas no setor.

O governo do Japão está considerando um pacote de estímulo fiscal que vale aproximadamente 10% da produção econômica anual para combater o impacto do surto de coronavírus, informou o jornal Nikkei. O pacote, que vale mais de 56 trilhões de ienes (503 bilhões de dólares), incluirá pagamentos em dinheiro para famílias que viram sua renda cair devido à epidemia, informou o jornal sem citar fontes.Esse tamanho de estímulo colocaria o Japão em linha com as intervenções de outros grandes países desenvolvidos para conter o choque da crise da saúde que fechou lojas e escritórios, isolou populações nacionais e levou as cadeias de suprimentos perto do ponto de ruptura.

 

Nas Bolsas,  Os índices acionários da China chegaram a uma máxima de uma semana nesta quarta-feira depois que senadores e autoridades do governo dos Estados Unidos chegaram a um acordo sobre um projeto de lei de forte estímulo econômico para aliviar o impacto do surto do coronavírus. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 2,69%, enquanto o índice de Xangai teve alta de 2,17%. Ambos atingiram o nível mais alto desde 18 de março durante a sessão. Bolsas europeias em baixa.

 

Nos Estados Unidos, Senadores e autoridades do governo chegaram a um acordo sobre um projeto de lei de forte estímulo econômico para aliviar o impacto do surto do coronavírus, disseram os negociadores nesta quarta-feira.O Senado votará o pacote de 2 trilhões de dólares mais tarde no dia e a Câmara deve fazer o mesmo na sequência.

 

Fonte: Reuters

Panorama de Mercado 24/03/2020

0

Aos clientes e amigos,

 

Bom dia  👀 📊  ativos operando:  🏛 🇺🇸 DÓLAR  ⬇ ➖1%  💱 🇪🇺 EURO ⬇  ➖0,05%  🗞 .

 

Ibovespa futuro: 7,5%                               Ásia (CSI300): 2,69%

Dow Jones Futuro: 5%                              Europa (Frankfurt): 6%

 

No mercado de câmbio: Dólar operando em baixa no início dos negócios reagindo a diversas medidas de estímulos dos Bancos Centrais, liderados pelo Federal Reserve, que pela primeira vez vai apoiar compras de títulos corporativos, respaldar empréstimos diretos a empresas e ampliar suas compras de ativos por quanto tempo for necessário para estabilizar os mercados financeiros, permitindo que empresas e instituições tenham acesso a recursos para honrar compromissos junto a credores aliviando um pouco as tensões. Outros fatores que contribuem para esse começo de dia positivo é o entendimento de que o Banco Central Brasileiro está atento e atuante nesse momento em que se busca um ponto de equilíbrio que possa sustentar os mercados, além da expectativa pela aprovação de um pacote de aproximadamente USD 2 trilhoes que pode ser alinhado entre republicanos e democratas nos Estados Unidos ainda hoje. Vale ressaltar que a instabilidade deve perdurar por um bom tempo, com os mercados alternando-se no humor, diante de dados que já começam a refletir os impactos do coronavírus na atividade global. Hoje, por exemplo, tombo geral na atividade empresarial na zona do euro em março, com os índices PMI industrial e de serviços caindo a níveis assustadores após a pandemia forçar o fechamento de diversos setores de atividade colapsando a economia e mostrando a cara da recessão que se aproxima. Jogos olímpicos no Japao? Adiado por um ano.  No mais, as vendas no varejo brasileiro mostraram o pior desempenho em um ano em janeiro, recuando 1% em relação ao mês anterior e dando mostras que os dados que vem adiante serão piores ainda diante dos fechamentos de lojas e comércios. E após a crise diplomática entre Brasil e China, o presidente Jair Bolsonaro disse ter conversado com o presidente da China, Xi Jinping, reforçando os laços de amizade, troca de informações sobre o Covid-19 e ampliação dos laços comerciais. O governo apresentou um plano de 88,2 bilhões de reais para Estados e municípios conseguirem arcar com demandas de saúde e impactos econômicos do coronavírus. Logo mais os americanos trazem dados do setor imobiliário, industrial e de serviços.

 

🏛 🇺🇸  DÓLAR ⬇ INDEX: 0,70%  (Comportamento do dólar ante as principais moedas, no exterior).

🏛 🇺🇸  DÓLAR ⬇ FUTURO: 1,20%  (Comportamento do Dólar Futuro para o mês de abril).

 

Na agenda interna,   Governo e Banco Central seguem trabalhando juntos para fazer frente ao impacto do surto, de dimensões crescentes e ainda incertas, sobre a atividade econômica brasileira. Nesse sentido vamos elencar algumas medidas tomadas até o momento: Governo: pediu ao Congresso o reconhecimento do Estado de calamidade pública, que o libera do cumprimento da meta fiscal no ano podendo aumentar seus gastos, suspensão do contrato de trabalho temporariamente com a ajuda do Estado aos trabalhadores, antecipação de férias individuais, decretação de férias coletivas, diferimento do recolhimento do FGTS, no sentido de flexibilizar regras, aguardando a anuência do Congresso para tanto. Já para os mais vulneráveis: Antecipação das duas parcelas do 13º de aposentados e pensionistas do INSS para abril e maio (46 bilhões de reais), Antecipação do pagamento do abono salarial para junho (12,8 bilhões de reais), Transferência de valores não sacados do PIS/Pasep para o FGTS para permitir novos saques (21,5 bilhões de reais), Reforço de 3,1 bilhões de reais ao programa Bolsa Família, Antecipação de 25% do que teriam direito os trabalhadores mensalmente caso requeressem o benefício do seguro-desemprego. Programa válido para pessoas que recebem até 2 salários mínimos e tiverem redução de salário e jornada (10 bilhões de reais), Programa de concessão direta de recursos aos autônomos, de valor médio de 200 reais, ao custo de 5 bilhões de reais por mês, pelo prazo de três meses (15 bilhões de reais). Para manutenção dos empregos: Diferimento do prazo de pagamento do FGTS pelas empresas por 3 meses, já incluída na MP do domingo (30 bilhões de reais),Diferimento da parte da União no Simples Nacional por 3 meses (22,2 bilhões de reais), Crédito adicional de 5 bilhões de reais do Proger/FAT para micro e pequenas empresas, Redução de 50% nas contribuições do Sistema S por três meses (2,2 bilhões de reais). Para o combate direto a pandemia: Destinação do fundo do Dpvat para o Sistema Único de Saúde (4,5 bilhões de reais), Adiamento do Censo do IBGE para 2021 com destinação de 2,3 bilhões de reais para a saúde, 5 bilhões de reais de crédito para programações orçamentárias do Ministério da Saúde. Apoio aos Estados: O governo apresentou um plano de 88,2 bilhões de reais para Estados e municípios conseguirem arcar com demandas de saúde e impactos econômicos do coronavírus. Empresas aéreas: Medida Provisória ampliou o prazo de pagamentos de reembolsos de passagens e postergou pagamentos das outorgas dos aeroportos concedidos que vencem este ano. Na outra frente o Banco Central Brasileiro vem atuando da seguinte maneira: no ano até ontem, o Banco Central vendeu 9,654 bilhões de dólares das reservas no mercado à vista, 14 bilhões de dólares em leilões de linha —venda com compromisso de recompra— e 10,5 bilhões de dólares em contratos de swap, a autoridade monetária anunciou que passará a fazer leilões de compra com compromisso de revenda de títulos soberanos do Brasil denominados em dólar das instituições financeiras nacionais, mecanismo que já havia sido acionado na crise financeira de 2008 em um esforço para melhorar o funcionamento dos mercados. O estoque atual de bônus globais é de 31 bilhões de dólares e o BC afirmou que poderá realizar a compra total desse volume. Na última sexta, o BC recomprou o equivalente a 2,954 bilhões de dólares, O Federal Reserve, banco central dos EUA, estabeleceu uma linha de swap com o Brasil, no valor de 60 bilhões de dólares, e com outros oito países para ampliar a oferta de dólar nessas economias. O acordo fica em vigor por pelo menos seis meses. O presidente do BC, Roberto Campos Neto, disse que por ora não há a intenção de usar o instrumento, mas que trata-se de um seguro importante. Selic: O BC intensificou o ritmo de corte dos juros na semana passada, quando reduziu a taxa Selic em 0,5 ponto percentual, para nova mínima histórica de 3,75% ao ano. Títulos Públicos: O Tesouro deu início, em 12 de março, a programa de compra e venda de títulos públicos com o objetivo de garantir o bom funcionamento do mercado diante da forte volatilidade. Até segunda-feira, as operações de compra e venda já movimentaram 35,558 bilhões de reais, volume que inclui leilões dos papéis prefixados LTN e NTN-F e de NTN-B —esta com rentabilidade atrelada à inflação, entre outras medidas.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que deve ser apresentada entre esta segunda e a terça-feira uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para separar os gastos com o enfrentamento da crise causada pelo novo coronavírus do Orçamento do governo. Questionado sobre a destinação de recursos do fundo eleitoral para as medidas de enfrentamento à crise do novo coronavírus, Maia lembrou que o Congresso Nacional aprovou, na última semana, o estado de calamidade, dando liberdade ao governo e liberando-o do cumprimento da meta fiscal. Para o deputado, haverá a discussão sobre as despesas públicas “no momento adequado”. O parlamentar manifestou a intenção de organizar “nas próximas semanas” uma agenda de votações para o enfrentamento da crise nos próximos meses e defendeu que todos os Poderes possam dar a sua contribuição —incluindo a discussão sobre salários acima do teto.

O número de mortes em decorrência do novo coronavírus no Brasil avançou para 34 ontem, um aumento de 36% em relação às 25 registradas até a véspera.

 

 

Na agenda externa, Os ministros das finanças e presidentes de bancos centrais do grupo das 20 principais economias do mundo concordaram em desenvolver um "plano de ação" em resposta à pandemia do coronavírus que o Fundo Monetário Internacional (FMI) espera desencadear uma recessão global, mas não ofereceu detalhes.

A pandemia de coronavírus está "acelerando", com mais de 300.000 casos registrados no mundo e notificações em quase todos os países, afirmou o chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus. Embora tenham se passado 67 dias entre o primeiro caso relatado e a marca de 100 mil casos de Covid-19, bastaram 11 dias para se chegar aos 100 mil casos seguintes e só quatro dias para a terceira leva de 100 mil casos, disse Ghebreyesus. "Mas não somos prisioneiros das estatísticas. Não somos testemunhas impotentes. Podemos mudar a trajetória desta pandemia", disse Tedros em um briefing pela internet com mais de 300 repórteres. Para tanto, ele pediu um comprometimento político global, exortando os países a adotarem medidas defensivas e agressivas. "Pedir às pessoas que fiquem em casa e outras medidas de distanciamento social são uma maneira importante de refrear a disseminação do vírus e ganhar tempo, mas são medidas defensivas", afirmou. "Para vencer, precisamos atacar o vírus com táticas agressivas e específicas – examinando cada caso suspeito, isolando e cuidando de cada caso confirmado e rastreando e colocando em quarentena cada contato próximo."

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou que está vendo “aceleração muito grande” em número de casos de coronavírus nos Estados Unidos, o que representa potencial para o país se tornar o novo epicentro da epidemia.

A atividade empresarial da zona do euro despencou em março após a pandemia de coronavírus causar estragos e deixar fechados lojas, restaurantes e escritórios. O PMI Composto preliminar do IHS Markit, considerado uma boa medida da saúde econômica, despencou à mínima recorde de 31,4 este mês ante 51,6 em fevereiro, de longe a maior queda mensal desde que a pesquisa começou em meados de 1998. "A atividade empresarial na zona do euro entrou em colapso em março de uma maneira que supera de longe o que foi visto no ápice da crise financeira global", disse Chris Williamson, economista-chefe do IHS Markit. "Fortes contrações foram vistas na França, Alemanha e no resto da zona do euro uma vez que os governos adotaram medidas cada vez mais duras para conter a disseminação do coronavírus." Todos os subíndices na pesquisa ficaram abaixo da marca de 50 que separa crescimento de contração, com os novos negócios afetados particularmente com força –esse índice caiu para a mínima recorde de 29,5 ante 51,2. "O PMI de março indica o PIB caindo a uma taxa trimestral de cerca de 2%, e claramente há espaço para que a contração se intensifique ainda mais", disse Williamson. A atividade no setor de serviços do bloco contraiu à taxa mais forte nas mais de duas décadas da pesquisa, indo a 28,4 de 52,6. As indústrias foram um pouco menos impactadas, com o PMI do setor caindo a 44,8 de 49,2 –leitura mais baixa desde julho de 2012 mas acima das expectativas.

 

Nas Bolsas,  Os índices acionários da China acompanharam os mercados da Ásia e fecharam em alta nesta terça-feira, após o Federal Reserve ter apresentado uma série de medidas de suporte, embora os ganhos tenham sido limitados pela forte alta nos novos casos de coronavírus na China. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 2,69%, enquanto o índice de Xangai teve alta de 2,34%. O banco central norte-americano disse na segunda-feira que pela primeira vez vai apoiar compras de títulos corporativos, respaldar empréstimos diretos a empresas e ampliar suas compras de ativos por quanto tempo for necessário para estabilizar os mercados financeiros. As ações europeias tentam se recuperar com uma nova onda de estímulos monetários e fiscais interrompendo uma venda global nos mercados acionários, mas evidências crescentes dos danos econômicos da pandemia de coronavírus deixavam os investidores ansiosos. Em um esforço global coordenado para estabilizar os mercados financeiros em uma das maiores perdas já registradas, a Alemanha lançou um pacote de estímulos de até 750 bilhões de euros, enquanto o Federal Reserve adotou medidas sem precedentes para aumentar o crédito em toda a economia.

 

 

Nos Estados Unidos, O secretário do Tesouro e o líder democrata no Senado expressaram confiança de que um acordo será alcançado em breve sobre um pacote de estímulo econômico de longo alcance contra o coronavírus que havia sido paralisado no Senado enquanto os parlamentares o discutiam. Os negociadores fizeram grandes progressos na medida bipartidária de 2 trilhões de dólares na segunda-feira, mas sem atingir um acordo final, como esperavam, disseram o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, e o líder democrata do Senado, Chuck Schumer, a repórteres. O presidente Donald Trump desabafou no Twitter no momento em que Mnuchin e Schumer falavam, acusando a presidente da Câmara dos Deputados, a democrata Nancy Pelosi, de tirar “férias prolongadas” e então fazer exigências com as quais ele nunca concordaria. “Os democratas querem que o vírus vença?” Trump disse em post no Twitter. “Eles estão pedindo coisas que não têm nada a ver com nossos grandes trabalhadores ou empresas”.

 

 

ADVANCED – “A sua escolha em câmbio”.

 

Fonte: Reuters e Investing.com

Panorama de Mercado 18/03/2020

0

Aos clientes e amigos,

 

Bom dia  👀 📊  ativos operando:  🏛 🇺🇸  DÓLAR    ⬆  ➕2,50%  💱 🇪🇺 EURO  ⬆  ➕1,90%  🗞.

 

Ibovespa futuro: -7%                                   Ásia (CSI300): -2%

Dow Jones Futuro: -4%                              Europa (Frankfurt): -4,20%

 

No mercado de câmbio: Dólar operando em forte alta no início dos negócios. A percepção de risco aumenta diante da crescente possibilidade de recessão global avolumar tendências negativas. No exterior, a presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, afirmou que o PIB do zona do euro pode contrair 5% se o isolamento por coronavírus continuar por um período hipotético de três meses. Ontem, líderes da União Europeia concordaram em fechar suas fronteiras por 30 dias afim de conter a disseminação da doença. Na China, a previsão para o primeiro trimestre é de uma queda brusca, todavia, o país tem um tendência crescente de contenção do coronavírus e luta para manter isso, trabalhando para prevenir e controlar a disseminação. Por aqui, o governo pede ao Congresso reconhecimento de estado de calamidade pública para que possa elevar gastos sem precisar cumprir a meta fiscal. A medida visa enfrentar a pandemia. A Câmara aprovou a liberação de recursos para Estados e municípios e proibiu a exportação de produtos de combate ao Covid-19. Enquanto isso, o General Heleno testou positivo, ao passo que o presidente Jair Bolsonaro, em seu segundo teste, teve resultado negativo para a infecção. Donald Trump dará entrevista coletiva  sobre “notícia muito importante” relacionada ao vírus por volta das 13H30. Nos Estados Unidos, a construção de novas casas caiu em fevereiro 1,5%. Na zona do euro, a inflação desacelerou, e o primeiro ministro espanhol, Pedro Sanchez, disse que a economia do país irá contrair. O Banco Central Brasileiro já realizou nesta manhã dois leilões, um de linha, onde vendeu USD 2 bilhões ao mercado com compromisso de recompra, e outro à vista, no valor de USD 1 bilhão na tentativa de amenizar o quadro de forte pressão e desvalorização do Real. E hoje ao final do dia saberemos o tamanho do corte da Selic que será feito pelos formuladores de política monetária do COPOM.

 

🏛 🇺🇸  DÓLAR ⬆ INDEX: 0,74%  (Comportamento do dólar ante as principais moedas, no exterior).

🏛 🇺🇸  DÓLAR ⬆ FUTURO: 3,10%  (Comportamento do Dólar Futuro para o mês de abril).

 

Na agenda interna,  O presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), afirmou que os parlamentares darão prioridade máxima à análise do pedido do governo federal pela decretação de estado de calamidade pública em decorrência do coronavírus, e elogiou a medida como importante para a liberação de mais recursos para enfrentar a pandemia. O governo anunciou que vai pedir ao Congresso o reconhecimento de estado de calamidade pública devido à pandemia do novo coronavírus e seus impactos na saúde dos brasileiros e na economia do país, abrindo espaço para elevar seus gastos sem precisar cumprir a meta fiscal. A Câmara dos Deputados aprovou três medidas de combate a coronavírus: a liberação de recursos para Estados e municípios, a proibição da exportação de produtos de combate ao Covid-19 e facilidade de acesso ao álcool para desinfecção. Câmara e Senado também aprovaram sistemas de votação remota durante a emergência sanitária.

O presidente Jair Bolsonaro disse no Twitter na noite de ontem que seu segundo teste para o novo coronavírus também deu negativo.

O IGP-M passou a subir 0,99% na segunda prévia de março, depois de registrar estabilidade no mesmo período do mês anterior. O IGP-M é utilizado como referência para a correção de valores de contratos, como os de aluguel de imóveis.

 

 

Na agenda externa, A inflação na zona do euro desacelerou em fevereiro na comparação com o ano anterior, informou a agência de estatísticas da UE, confirmando sua estimativa anterior, ao mesmo tempo em que revisou para baixo uma medida do núcleo da inflação que exclui os preços voláteis de energia e alimentos. A Eurostat informou que os preços no bloco de 19 países subiram 1,2% em fevereiro sobre o ano anterior, contra 1,4% em janeiro. A leitura de fevereiro ficou em linha com as expectativas do mercado e com estimativas divulgadas pela Eurostat no início de março. Mas a agência de estatísticas revisou para baixo sua estimativa anterior do núcleo da inflação para 1,3%, de 1,4%. A leitura revisada repete o resultado de janeiro. O núcleo da inflação é a medida mais observada pelo Banco Central Europeu na definição de sua política monetária. O BCE encontra dificuldades há anos para atingir sua meta de inflação de perto mas abaixo de 2% no médio prazo.

A disseminação global do coronavírus trouxe novos desafios para o trabalho de prevenção e controle da China e ao desenvolvimento econômico, disse o Politburo do Partido Comunista do governo. A economia da China enfrenta crescente pressão negativa, afirmou a mídia chinesa. O país não pode permitir a reversão da tendência crescente de contenção do coronavírus.

A presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, vê contração de 5% do PIB da zona do euro se isolamento por coronavírus continuar.

A economia da Espanha vai contrair como consequência da crise do coronavírus, afirmou o primeiro-ministro, Pedro Sánchez a um Parlamento quase vazio, em meio ao que chamou de "guerra" contra o coronavírus. Para evitar a propagação do vírus no Parlamento, havia apenas 28 parlamentares e cinco ministros para ouvir Sánchez quando normalmente o local recebe 350 pessoas."Nunca passamos por algo assim. E nossa sociedade, que cresceu acostumada a mudanças que expandam nossas possibilidades de conhecimento, saúde e vida, agora se encontra em uma guerra para defender tudo que considerávamos como certo", disse Sánchez.

Líderes da União Europeia (UE) concordaram ontem em fechar as fronteiras da Europa por 30 dias para impedir a propagação do coronavírus, mas também em estabelecer vias rápidas nas divisas de seus países para manter a circulação de mercadorias, disseram os próprios líderes do bloco após uma videoconferência.  

 

Nas Bolsas,  Os índices acionários da China reverteram os ganhos anteriores e fecharam em baixa nesta quarta-feira, acompanhando as perdas nos mercados asiáticos uma vez que as persistentes preocupações sobre a rápida disseminação do coronavírus fora da China afetava o sentimento. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 1,98%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 1,83%. Bolsas europeias em forte baixa.

 

Nos Estados Unidos, Dados do setor imobiliário foram divulgados nesta manhã.

 

ADVANCED – “A sua escolha em câmbio”.

 

Fonte: Reuters.

Panorama de Mercado 17/03/2020

0

Aos clientes e amigos,

 

Bom dia  👀 📊  ativos operando:  🏛 🇺🇸 DÓLAR ⬆  ➕0,80% 💱 🇪🇺 EURO  ⬇  ➖0,90%  🗞 .

 

Ibovespa: 1,70%                                              Ásia (CSI300): 0,85%

Dow Jones Futuro: -0,80%                              Europa (Frankfurt): -0,65%

 

No mercado de câmbio: Dólar operando em alta no início dos negócios. Seguem os reflexos à pandemia de coronavírus pelo mundo. Nesta manhã vem da Alemanha notícias de que o clima entre os investidores despencou em março para -49,5, de 8,7 em fevereiro. Estamos tratando da maior economia da Europa que vê se alastrar novos casos da infecção, enquanto na China, que deve passar por uma contração no primeiro trimestre, dados internos parecem sugerir que os asiáticos caminham à estabilidade para depois voltar a crescer. O cenário recessivo vai sendo desenhado, de maneira que os Bancos Centrais vem buscando acalmar os mercados, sem sucesso, ao passo que os governos vão implementando medidas visando enfrentar a crise. Com o sentimento negativo, temores aguçados, desaceleração nas economias, fechamento de escolas, fronteiras, e suspensão de atividades sociais, a possibilidade de recessão é fato real. São em momentos como esse que é preciso agir e ter serenidade. Agir para combater a causa da pandemia, encontrando a cura, diminuindo a pressão sobre os mercados, e acalmando as pessoas. É prudente dar melhores condições ao empregador, dando incentivos fiscais, gerando empregos e melhora econômica, dessa forma seria possível serenar o clima. O que estamos observando é o combate aos efeitos, reduzindo juros, suspendendo temporariamente impostos, liberação de FGTS, enfim… O que não faltam são possibilidades, e todos já conhecem o problema, portanto, mesmo com esse quadro é preciso ter paciência até a crise ser dissipada. Certamente vamos trabalhar em meio a volatilidade e pressão nas cotações, ao sabor das notícias, teorias, informação e até desinformação. Dito isso, vamos a agenda econômica, os números também falam. Nos Estados Unidos, as vendas no varejo americano em fevereiro, caíram 0,5% ante expectativa de leve alta. Os dados de janeiro foram revisados para mostrar que as vendas subiram 0,6% em vez de 0,3% como relatado anteriormente. Já a produção industrial subiu menos que o esperado em fevereiro. No Brasil, governos estaduais pedem medidas econômicas para enfrentar o surto após o governo federal anunciar um pacote de R$ 147 bilhões voltados ao combate aos efeitos do coronavírus. Algumas medidas dependem do aval do Congresso, num momento em que os parlamentares discutem o prosseguimento normal dos trabalhos. Hoje começa a reunião do Copom que definirá a nova Selic, e o que não faltam são especulações em torno do tamanho do corte, indo de 0,25% a 1%, podendo desvalorizar um pouco mais o Real. Hoje o preço do barril de petróleo segue novamente abaixo dos USD 30,00 e o BCB já vendeu USD 2 bilhões ao mercado nesta manhã em leilão de linha.

 

🏛 🇺🇸  DÓLAR ⬆ INDEX: 1,30%  (Comportamento do dólar ante as principais moedas, no exterior).

🏛 🇺🇸  DÓLAR ⬆ FUTURO: 0,80%  (Comportamento do Dólar Futuro para o mês de abril).

 

Na agenda interna,   Os secretários de Fazenda dos governos estaduais pediram a implementação de medidas econômicas urgentes para enfrentar a crise decorrente da pandemia de coronavírus, em carta divulgada após o anúncio pelo governo de pacote para combater os impactos do vírus.A carta, lançada pelo Comitê dos Secretários de Fazenda dos Estados (Comsefaz), foi assinada pelos 27 secretários estaduais de Fazenda, e alerta para o forte impacto da crise do novo coronavírus nas finanças estaduais.O Ministério da Economia anunciou na segunda-feira pacote de 147,3 bilhões de reais voltados ao combate dos efeitos do coronavírus com medidas que incluem a antecipação de pagamentos obrigatórios, remanejamento de gastos e prorrogação de recolhimento de tributos. Mas muitas delas dependem do aval do Congresso e ainda precisam ser formatadas pela equipe econômica em projetos de lei ou medidas provisórias, num momento em que os parlamentares ainda discutem o prosseguimento normal dos trabalhos em meio ao surto do coronavírus.

Os temores sobre os danos econômicos da pandemia de coronavírus continuam fortes e afetando o sentimento dos investidores no primeiro dia de reunião do Copom. Com os países recorrendo cada vez mais a paralisações parciais ou completas, investidores mostram preocupação sobre o impacto na atividade econômica europeia, pressionando os mercados emergentes. Esforços coordenados de bancos centrais em todo o mundo fizeram pouco para acalmar os mercados, uma vez que o número de infecções e mortes fora da China continua a subir. Assim, o Banco Central ganha destaque ao dar início ao primeiro dia de reunião de política monetária. A reunião ocorre um dia depois de o Ministério da Economia anunciar pacote de 147,3 bilhões de reais voltados ao combate dos impactos do coronavírus ,com medidas que incluem a antecipação de pagamentos obrigatórios, remanejamento de gastos e prorrogação de recolhimento de tributos.

 

 

Na agenda externa, O clima entre os investidores alemães caiu em março para níveis vistos pela última vez no início da crise financeira mundial no Outono de 2008 devido a alarme para o impacto do surto coronavírus na maior economia da Europa. A pesquisa mensal do instituto de pesquisa ZEW mostrou que o sentimento econômico entre os investidores caiu para -49,5, de 8,7 em fevereiro. Essa foi a maior queda desde o início da pesquisa em 1991. Os economistas esperavam uma queda para -26,4. "A economia está em alerta vermelho", disse o presidente da ZEW, Achim Wambach, em comunicado, acrescentando que especialistas em finanças esperam que a economia encolha no primeiro trimestre e pensem que uma contração também é muito provável no segundo trimestre. Um indicador separado que mede a avaliação dos investidores sobre as condições atuais da economia diminuiu de -15,7 para -43,1. Os analistas previam uma leitura de -30,0. Para 2020 como um todo, a maioria dos investidores atualmente espera um declínio no crescimento real do PIB de cerca de 1% como resultado da pandemia, disse Wambach. A disseminação do coronavírus acabou com as esperanças de um aumento no primeiro trimestre, devido a um sólido aumento nas vendas no varejo e um salto na produção industrial em janeiro. Mas com o coronavírus infectando um número crescente de pessoas e levando a medidas sem precedentes para diminuir sua disseminação, as autoridades disseram que o governo agora espera que o produto interno bruto diminua este ano, o que seria a primeira contração desde a crise financeira mundial em 2009. A Volkswagen disse na segunda-feira que está se preparando para fechar suas fábricas para conter a propagação do coronavírus e alertou que 2020 será um ano muito difícil.

O total de casos de coronavírus na Espanha ultrapassou 11.000 nesta terça-feira, e o número de mortes subiu para 491, informou o chefe do serviço de emergência de saúde do país. Segundo Fernando Simon, o número de casos subiu para 11.178 na terça-feira, ante um total anterior de 9.161 na segunda-feira.

França, Itália e Espanha restringiram as negociações nos mercados acionários nesta terça-feira, proibindo vendas a descoberto para proteger algumas das maiores empresas da Europa de uma liquidação provocada pelo coronavírus. A medida, também adotada pela Bélgica, vai temporariamente suspender as apostas em ações em queda de várias empresas, da Anheuser-Busch InBev ao banco espanhol Santander e à empresa aérea Air France-KLM. Nas vendas a descoberto, operadores tomam emprestado a ação de uma empresa com a visão de vendê-la, esperando recomprá-la a um preço mais baixo e embolsar a diferença, prática que normalmente exacerba os movimentos do mercado em meio a vendas de pânico. A rara intervenção nos mercados, vista pela última vez na esteira da crise financeira, destaca o crescente senso de alarme nas capitais europeias conforme tentam conter uma doença que já fechou as escolas e lojas em todo o continente.

 

 

Nas Bolsas,  Bolsas asiáticas fecharam em alta e as europeias operam em queda.

 

 

Nos Estados Unidos, O presidente Donald Trump fez um pedido aos norte-americanos para que seja suspensa a maior parte das atividades sociais e reuniões entre grupos de mais de 10 pessoas em uma nova e agressiva iniciativa para reduzir a propagação do coronavírus no país. Ao anunciar as novas orientações de sua força tarefa de combate ao coronavírus, o presidente disse que as pessoas deveriam evitar viagens discricionárias e restaurantes, praças de alimentação e academias. Trump alerta sobre a possibilidade de recessão, fato que pode afetar suas chances de reeleição em novembro. O presidente republicano disse estar focado em abordar a crise de saúde e que a economia melhoraria assim que a crise for resolvida. 

Sobre as vendas no varejo americano em fevereiro, caíram 0,5% ante expectativa de leve alta. Os dados de janeiro foram revisados para mostrar que as vendas subiram 0,6% em vez de 0,3% como relatado anteriormente. Ainda nesta manhã saem dados sobre a produção industrial de fevereiro e o relatório Jolts de contratações e demissões referentes ao mês de janeiro.

 

ADVANCED – “A sua escolha em câmbio”.

 

Fonte: Reuters.

Panorama de Mercado 16/03/2020

0

Aos clientes e amigos,

 

Bom dia  👀 📊  ativos operando:  🏛 🇺🇸  DÓLAR    ⬆  ➕2,15%  💱 🇪🇺 EURO  ⬆  ➕2,40%  🗞

 

Ibovespa: -12%                                       Ásia (CSI300): -4,3%

Dow Jones Futuro: -9%                              Europa (Frankfurt): -10%

 

No mercado de câmbio: Dólar operando em forte alta no início dos negócios. Certamente que momentos de crise não são agradáveis, e o atual não foge a regra, será preciso paciência e ação para as coisas se acalmarem no decorrer do semestre. Do exterior temos um cenário que mostra que a China dificilmente conseguirá se livrar de uma contração no primeiro trimestre deste ano. Sua produção industrial caiu 13,5%, e as vendas no varejo, 20%, ambos dados de fevereiro. O petróleo cai abaixo de USD 30,00 o barril. Fechamento de fronteiras e cancelamento de voos, entre outros afetam a demanda, lembrando que a oferta está em alta. O Banco Central Americano decidiu de forma extraordinária reduzir mais ainda o juro, o levando à faixa entre 0% a 0,25%, de maneira que os mercados agora especulam o porque de tal decisão ter sido tomada a dois dias da reunião agendada para essa semana. Seria devido aos efeitos da pandemia atingirem significativamente a maior economia do mundo? Donald Trump que a muito tempo cobrava essa postura do FED, elogiou a decisão. Se atrasada ou não, saberemos em breve. No Brasil seguem os conflitos entre legislativo e executivo e hoje o boletim Focus fez diversas revisões em suas projeções em relação a semana passada. Vamos à elas: IPCA: 3,10%, de 3,20%, PIB: 1,68% de 1,99%, USD: 4,35, de 4,20, Produção Indl.: 1,63%, de 2%, Selic: 3,75%, de 4,25%, Balança Coml.: USD 36,10 Bilhões, de USD 36,40 e Investimentos diretos no país: USD 80 Bilhões, esse dado foi mantido. No mais, também tivemos as projeções TOP 5, trazendo para o dólar, as seguintes estimativas mensais: Março 4,80, Abril, 4,72 e Maio: 4,60. Na quarta-feira, temos decisão sobre a taxa de juro no Brasil, com a Selic sendo provavelmente reduzida. As bolsas desabam e temos mais um começo de semana conturbado nos mercados.

 

 

🏛 🇺🇸  DÓLAR ⬇ INDEX: 0,65%  (Comportamento do dólar ante as principais moedas, no exterior).

🏛 🇺🇸  DÓLAR ⬆ FUTURO: 2,50%  (Comportamento do Dólar Futuro para o mês de abril).

 

Na agenda interna,   O presidente Jair Bolsonaro defendeu as manifestações deste domingo, se juntou a uma multidão em frente ao Palácio do Planalto, mesmo com o pano de fundo do surto do coronavírus, e disse que um entendimento dos Poderes com o povo vai mudar o país, o que gerou reação dos líderes do Legislativo."Isso não tem preço, não existe satisfação maior para um ser humano, para um político, do que isso", disse Bolsonaro, em referência ao apoio dos manifestantes, em uma transmissão ao vivo em rede social que durou mais de uma hora.

"Todos nós, políticos, chefes de Poderes, estamos no mesmo barco", disse. "Tenho certeza, um entendimento nosso com o povo, não é entre nós não, é nosso com o povo, a gente muda o Brasil", disse.As manifestações deste domingo vinham sendo convocadas por grupos de apoio ao presidente, mas também para protestar contra o Congresso e contra o Judiciário. Bolsonaro, no entanto, classificou neste domingo os atos como um "movimento patriótico" e minimizou as críticas aos demais Poderes. Devido ao aumento de casos do novo coronavírus no pais, o próprio Bolsonaro havia feito um apelo na quinta-feira para que as manifestações deste domingo fossem repensadas. Rodrigo Maia, presidente da Câmara se manifestou da seguinte maneira: "O mundo está passando por uma crise sem precedentes… Há um esforço global para conter o vírus e a crise", disse Maia no Twitter. "Por aqui, o Presidente da República ignora e desautoriza o seu ministro da Saúde e os técnicos do ministério, fazendo pouco caso da pandemia e encorajando as pessoas a sair às ruas. Isso é um atentado à saúde pública que contraria as orientações do seu próprio governo", acrescentou. Já o presidente do Senado, Davi Alcolumbre disse em nota: "é hora de amadurecermos como nação".  "Com a pandemia do coronavírus fechando as fronteiras dos países e assustando o mundo, é inconsequente estimular a aglomeração de pessoas nas ruas", disse o presidente do Congresso. "A gravidade da pandemia exige de todos os brasileiros, e inclusive do presidente da República, responsabilidade! Todos nós devemos seguir à risca as orientações do Ministério da Saúde", continuou Alcolumbre."Convidar para ato contra os Poderes é confrontar a Democracia. É tempo de trabalharmos iniciativas políticas que, de fato, promovam o reaquecimento da economia, criem ambiente competitivo para o setor privado e, sobretudo, gerem bem-estar, emprego e renda para os brasileiros." Mais tarde, em entrevista à CNN Brasil, Bolsonaro procurou minimizar a crise do coronavírus e disse que em outras epidemias não não houve tanta histeria em reação, como classificou o comportamento atual.

 

Na agenda externa, Os ministros de Finanças da União Europeia planejam definir uma resposta econômica coordenada contra a pandemia de coronavírus, com a Comissão Europeia prevendo que os efeitos do vírus podem levar o bloco a uma recessão.A ação será uma intensificação coordenada da resposta da UE – até agora composta por uma variedade de medidas nacionais por seus 27 governos membros e uma suspensão de quaisquer limites da UE aos gastos dos governos nacionais, se relacionados à epidemia. "Nosso Eurogrupo de segunda-feira será dedicado à resposta ao Covid-19", disse no Twitter o presidente do Eurogrupo, Mario Centeno. "A maior parte da ação política inicial está nas capitais, mas levarei nosso grupo a concordar com uma resposta abrangente e coordenada da política econômica da UE a esta crise da saúde", afirmou.Com o coronavírus agora colocando setores inteiros da economia fora de ação, a Comissão Europeia disse na sexta-feira que a UE e a zona do euro provavelmente entrarão em recessão este ano, apesar de ter previsto apenas um mês antes que a zona do euro teria crescimento de 1,2% em 2020 e 2021.O Banco Central Europeu, que adotou medidas próprias na semana passada, instou os governos da zona do euro a montarem uma resposta fiscal ambiciosa e coordenada – até agora inexistente.

China: A produção industrial caiu 13,5% em fevereiro, enquanto as vendas no varejo caíram mais de 20% e o investimento em ativos fixos caiu 24,5%. Os números confirmam que uma forte contração do PIB no primeiro trimestre é quase inevitável.

Os preços do petróleo caem com o Brent recuando próximo de 10%. Quanto mais países paralisarem suas vidas públicas, fechando fronteiras e cancelando voos, maior será o impacto sobre a demanda por petróleo, especialmente porque isso geralmente reduz a atividade econômica.

 

Nas Bolsas,  As ações da China encerraram em queda acentuada nesta segunda-feira, depois que dados fracos e um segundo corte de juros de emergência pelo Federal Reserve destacaram o impacto do coronavírus sobre a economia global. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 4,3%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 3,4% .A liquidação ocorre depois que o Federal Reserve e bancos centrais globais agiram de forma agressiva com cortes radicais nas taxas de juros e ofertas de dólares baratos, numa tentativa de combater a pandemia. Bolsas europeias desabam.

 

Nos Estados Unidos, Donald Trump, disse que a decisão do Federal Reserve no domingo de reduzir a taxa de juros foi "uma boa notícia" e "me deixa muito feliz", ao parabenizar o banco central por tomar outras medidas para ajudar a melhorar a economia norte-americana em meio à pandemia global de coronavírus."São realmente boas notícias. É ótimo para o país", disse Trump, que pressionou publicamente o Fed a reduzir a taxa para impulsionar a economia durante o rápido surto de coronavírus, em entrevista coletiva na Casa Branca.Pouco antes de Trump falar, o Fed cortou a taxa de juros pela segunda vez em menos de duas semanas em outro movimento de emergência. Em um comunicado, o banco central disse que estava baixando os juros para uma meta de 0% a 0,25%.Trump também pediu aos norte-americanos, que limparam as prateleiras de algumas coisas básicas nos últimos dias, a "comprar um pouco menos". Ele disse que os supermercados estão comprometidos a permanecerem abertos durante a crise.

 

ADVANCED – “A sua escolha em câmbio”.

 

Fonte: Reuters e Investing.