Panorama de Mercado 08/11/2019

Aos clientes e amigos,

 

Bom dia  👀 📊  ativos operando:  🏛 🇺🇸  DÓLAR    ⬆  ➕0,60%  💱 🇪🇺 EURO  ⬆  ➕0,45%  🗞.

 

Ibovespa futuro: -0,60%          Ásia: -0,49%

Dow Jones Futuro: +0,03%     Europa (Frankfurt): -0,29%.

 

No mercado de câmbio: Dólar abrindo em alta no início dos negócios. Em uma semana que tinha tudo para terminar com os mercados reagindo positivamente, sobretudo pela participação estrangeira em relação ao megaleilão do pré-sal, uma palavra pode definir o sentimento antes do final de semana, decepção. O desinteresse das grandes empresas estrangeiras ao setor de petróleo nacional lançou dúvidas em relação a volta do capital externo ao país, que ainda ocorre de forma tímida, e deve recuperar atratividade gradualmente, assim como a economia brasileira. O modelo de leilões precisa ser reavaliado. A cautela do investidor tende a ser maior considerando ainda que a próxima semana reserva um feriado nos Estados Unidos na segunda-feira e no Brasil na sexta, portanto, poderemos observar liquidez reduzida. Ademais segue o monitoramento em relação às negociações entre americanos e chineses. As últimas informações sugerem que a Casa Branca não estaria disposta à revogação de tarifas sobre produtos asiáticos, levantando dúvidas sobre o término da primeira fase do acordo comercial que os mercados esperam para esse mês. Por falar em China, suas exportações em outubro caíram pelo terceiro mês seguido, e as importações diminuíram pelo sexto mês consecutivo, todavia a contração foi menor que a esperada. Na agenda americana, sai a leitura preliminar da confiança do consumidor referente ao mês de novembro às 12h. Sobre o STF e sua decisão contrária à prisão em segunda instância, liberando milhares de presos e condenados, apenas serve de combustível para a insatisfação de diversos setores da sociedade, podendo acirrar ânimos inclusive no meio jurídico, elevando a insegurança jurídica, afinal a apenas três anos atrás a decisão da corte foi diferente a de ontem. Para o investidor, melhor é aguardar o que vem pela frente antes de se arriscar.

 

🏛 🇺🇸  DÓLAR ⬆  INDEX: 0,14%  (Comportamento do dólar ante as principais moedas, no exterior).

🏛 🇺🇸  DÓLAR ⬆  FUTURO: 0,70%  (Comportamento do Dólar Futuro para o mês de Dezembro).

 

Na agenda interna, O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou a possibilidade de iniciar a execução da pena de prisão após condenação em segunda instância, na maior derrota que a corte impôs à operação Lava Jato nos seus cinco anos e que deve levar à liberdade o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Coube ao presidente do STF, Dias Toffoli, o voto de desempate, ao se posicionar a favor da execução da pena somente após esgotados todos os recursos cabíveis, o chamado trânsito em julgado.

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) registrou queda em outubro, a seu menor nível desde maio deste ano, sinalizando a dificuldade de recuperação do mercado de trabalho. O IAEmp, que antecipa os rumos do mercado caiu 1,3 ponto em relação a setembro, chegando a 85,8 pontos. O indicador ficou abaixo da média histórica do período iniciado em junho de 2008, de 86,9 pontos, disse a FGV. A taxa de desemprego do Brasil fechou o terceiro trimestre em 11,8% com aumento no número de pessoas ocupadas, porém em um mercado de trabalho marcado por novo recorde da informalidade.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, se disse "apavorado" com o fato de o leilão do excedente da cessão onerosa não ter atraído as grandes empresas do setor de petróleo e responsabilizou o regime de partilha pelo resultado do certame, em que apenas dois dos quatro blocos ofertados receberam ofertas, da Petrobras e de estatais chinesas. "Tivemos uma dificuldade enorme para, no final, nós vendermos para nós. Ficamos cinco anos conversando a respeito, fizemos um trabalho espetacular, aprofundando, examinando. Chegou ao final, deu 'no show'", disse o ministro durante evento no Tribunal de Contas da União. Guedes apontou a contradição de um leilão promovido por uma equipe econômica liberal ter como resultado final o fortalecimento da estatal Petrobras. "Sumiu todo mundo da sala, só ficou ela lá". Para Guedes, o saldo do leilão foi resultado do regime de partilha, que disse considerar "ruim". "Será que a concessão, que é usada no mundo inteiro, não é melhor que a partilha, que é usada por influência de alguns operadores petroleiros franceses em regimes corruptos na África?", questionou. No regime de partilha, adotado pelo país nas áreas do pré-sal, vence a licitação para exploração de blocos de petróleo o consórcio que oferecer a maior parcela de lucro futuro à União. A Petrobras tem o direito de preferência para atuar como operadora dos blocos. Nas concessões, adotadas fora das áreas do pré-sal, vence o consórcio que oferecer ao governo o maior valor pelo direito de exploração (bônus de assinatura), e não há comportilhamento da produção em caso de descoberta de petróleo ou gás. "Não existe leilão vazio em concessão. Se o negócio tá na mão, você está na mesa, uma porção de gente vem", disse Guedes, acrescentando que, quando o país migrar para o modelo de concessão, "vão ter 17, 18 caras querendo comprar".

 

Na agenda externa, Após altas expectativas sobre o acordo comercial diante de declarações de autoridades dos EUA e da China afirmando que os dois países irão reverter as tarifas sobre os produtos um do outro, notícia da Reuters sugerindo que autoridades da Casa Branca se opõem à revogação de tarifas sobre Pequim levantaram incertezas sobre a primeira fase de um acordo comercial.

As exportações e importações da China contraíram menos do que o esperado em outubro, fornecendo algum alívio para a economia. As exportações da China em outubro caíram pelo terceiro mês seguido, com um recuo de 0,9% sobre o ano anterior. Já as importações diminuíram pelo sexto mês consecutivo, em queda de 6,4%, recuo menor que esperado.

A Alemanha não está perto de uma recessão real, mas está passando por um período de crescimento mais lento, disse o ministro das Finanças, Olaf Scholz, em entrevista à Euronews, acrescentando que a resolução das tensões comerciais, "criadas pelo homem", ajudaria a impulsionar a economia. Questionado sobre as solicitações feitas por alguns economistas e políticos para que a Alemanha gaste para revitalizar uma economia em declínio, Scholz disse que, com empregos em níveis recordes e alguns setores enfrentando restrições de capacidade, não há motivos para gastos extras com estímulos.

 

Nas Bolsas, Os índices acionários da China reverteram os ganhos e fecharam em baixa nesta sexta-feira, após uma notícia da Reuters sugerindo que autoridades da Casa Branca se opõem à revogação de tarifas sobre Pequim levantar incertezas sobre a primeira fase de um acordo comercial. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 0,47%, enquanto o índice de Xangai terminou com baixa de 0,49. Bolsas europeias em baixa.

 

Nos Estados Unidos, sai a leitura preliminar da confiança do consumidor referente ao mês de novembro às 12h.

 

Fonte: Reuters.

Publicado por

Alessandro Faganello

Iniciando sua carreira no mercado financeiro ainda em sua adolescência e por intermédio de seu pai, passou por diversas instituições ao longo de seus 30 anos de experiência em câmbio. Na Advanced desde 2014, se tornou um dos principais formadores de opinião da Mesa de Operações. Em nossos boletins escreve com uma linguagem simples e direta para deixar você, cliente Advanced, o mais bem informado possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *