Panorama de Mercado 27/12/2018

Aos clientes e amigos,

 

Bom dia  👀 📊  ativos operando:  🏛 🇺🇸 DÓLAR  ⬇ ➖0,17%  💱 🇪🇺 EURO  ⬆  ➕0,28% .

 

No mercado de câmbio: Dólar abrindo em baixa no início dos negócios. O Banco Central Brasileiro anuncia leilão de linha nesta data, no valor de USD 1 bilhão, com o objetivo de dar liquidez ao mercado. A operação realizar-se-á entre 11h20 e 11h45. A autoridade também anunciou que pretende fazer a rolagem integral do vencimento em swap cambial tradicional –equivalente à venda futura de dólares– de janeiro ao informar que começará a rolagem na próxima quarta-feira, dia 2, com oferta de até 13,4 mil contratos. Na agenda, o Tesouro divulga às 14h30 o resultado das contas do governo central que deve apresentar deficit. Vale ressaltar que tem início hoje a batalha pela formação da Ptax, o que pode tornar as cotações mais voláteis. No Exterior, Donald Trump disse que está preparado para esperar o quanto necessário para conseguir arrecadar 5 bilhões de dólares de contribuintes para o muro na fronteira dos EUA com o México, uma exigência que levou a uma paralisação parcial do governo norte-americano que agora está em seu quinto dia. Sem nenhum fim imediato para a paralisação no horizonte, Trump fez o comentário durante uma visita ao Iraque e culpou a democrata Nancy Pelosi, que deve se tornar a presidente da Câmara dos Deputados no dia 3 de janeiro, pela situação.  Em relação a independência do Banco Central Americano, comentário de um dos principais assessores econômicos de Trump, Kevin Hassett, de que Jerome Powell, presidente da instituição, está 100% seguro no cargo, aliviam temores de uma interferência política. Na agenda, dados sobre os novos pedidos de auxílio desemprego às 11h30, e a confiança do consumidor junto de informações do setor imobiliário, ambos às 13h são os destaques. E segundo a Bloomberg, está preparado um encontro entre americanos e chineses no início de janeiro, a fim de continuarem as negociações em torno das diferenças comerciais entre os países.

 

Na agenda interna, O Banco Central Brasileiro anuncia leilão de linha nesta data, no valor de USD 1 bilhão, com o objetivo de dar liquidez ao mercado. A operação realizar-se-á entre 11h20 e 11h45. A autoridade também anunciou que pretende fazer a rolagem integral do vencimento em swap cambial tradicional –equivalente à venda futura de dólares– de janeiro ao informar que começará a rolagem na próxima quarta-feira, dia 2, com oferta de até 13,4 mil contratos. Na agenda, o Tesouro divulga às 14h30 o resultado das contas do governo central que deve apresentar deficit.

 

Na agenda externa, O banco central da China afirmou que vai manter a política monetária prudente e o iuan basicamente estável, ao mesmo tempo em que oferece liquidez “razoavelmente ampla” ao mercado.

                              

Nas Bolsas, Os índices acionários chineses fecharam na mínima em quatro anos nesta quinta-feira, pressionados pela Sinopec, que caiu depois que a Reuters informou que a gigante petrolífera estatal havia suspendido dois executivos de sua equipe. A Sinopec, oficialmente conhecida como China Petroleum & Chemical Corp, suspendeu duas altas autoridades por causarem severas perdas nas negociações. Bolsas europeias operando com sinais mistos.

 

Nos Estados Unidos, Donald Trump disse que está preparado para esperar o quanto necessário para conseguir arrecadar 5 bilhões de dólares de contribuintes para o muro na fronteira dos EUA com o México, uma exigência que levou a uma paralisação parcial do governo norte-americano que agora está em seu quinto dia. Sem nenhum fim imediato para a paralisação no horizonte, Trump fez o comentário durante uma visita ao Iraque e culpou a democrata Nancy Pelosi, que deve se tornar a presidente da Câmara dos Deputados no dia 3 de janeiro, pela situação.  Em relação a independência do Banco Central Americano, comentário de um dos principais assessores econômicos de Trump, Kevin Hassett, de que Jerome Powell, presidente da instituição, está 100% seguro no cargo, aliviam temores de uma interferência política. Na agenda, dados sobre os novos pedidos de auxílio desemprego às 11h30, e a confiança do consumidor junto de informações do setor imobiliário, ambos às 13h são os destaques.

Publicado por

Alessandro Faganello

Iniciando sua carreira no mercado financeiro ainda em sua adolescência e por intermédio de seu pai, passou por diversas instituições ao longo de seus 30 anos de experiência em câmbio. Na Advanced desde 2014, se tornou um dos principais formadores de opinião da Mesa de Operações. Em nossos boletins escreve com uma linguagem simples e direta para deixar você, cliente Advanced, o mais bem informado possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *