3 dicas de ouro para comprar dólar para viajar

0

852

Está programando uma viagem para o exterior? Comprar dólar para viajar é um fator imprescindível para que você possa usufruir ao máximo de sua “trip”.

 

Com a constante variação cambial, tais nuances geram muitas vezes, ansiedade nos compradores, que ficam em dúvidas sobre qual o momento certo de comprar para não gastar mais e perder dinheiro.

 

Para te ajudar nesta tarefa e para que você possa planejar da melhor forma a sua viagem, selecionamos a seguir, algumas dicas de ouro pra comprar dólar para viajar. Confira!

 

 

1. Dicas De Ouro Para Comprar Dólar Para Viajar: Compre Antecipadamente

 

Uma dica que se for possível, deve ser aproveitada ao máximo, é comprar dólar antecipadamente, e nunca de última hora. Claro, há casos onde não há como programar, e somos pegos de surpresa.

 

Se essa for a sua situação, fuja de comprar dólar cotação nas casas de câmbio em aeroportos, pois a cotação nesse ambiente costuma ser mais alta.

 

 

2. Dicas De Ouro Para Comprar Dólar Para Viajar: Pesquise Cotação e Casas de Câmbio

 

Acompanhe a cotação e, em uma eventual baixa do dólar, aproveite a oportunidade. Mas, ao fazer a transação, procure por empresas de renome e já estabelecidas no mercado, com um grande volume de operações.

 

Saiba como receber cotações diariamente em seu e-mail.

 

3. Dicas De Ouro Para Comprar Dólar Para Viajar: Substitua o Cartão de Credito pelo Pré-pago

 

Se pensarmos que o Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF) do cartão tem uma taxa de 6,38%, e o mesmo IOF em relação ao dinheiro em espécie é  de 1,1%, veremos que o cartão é o menos indicado.

 

Porém, o fator segurança joga em favor do cartão. Especialmente se falarmos do cartão pré-pago, que, embora tenha a mesma taxa do crédito, não oferece surpresas na conta depois. Afinal, com esse cartão você é capaz de travar sua despesa, pois a cotação está fechada.

 

Quer saber sobre o cartão pré-pago da Advanced? Acesse aqui.

Quer mais dicas sobre dólar e turismo? Então fique ligado (a) em nossos próximos posts!

 

Quanto levar para orlando em 2019?

0

021587

Dentre os itens que devem constar em seu check list de planejamento para uma viagem internacional, saber qual o montante que se deve levar em dinheiro deve ser um dos principais.

 

Destino que figura entre um dos preferidos dos brasileiros e que atrai turistas do mundo todo, Orlando, nos Estados Unidos, possui uma infinidade de atrações para curtir com a família.

 

Famoso pela Disney, bem como outros parques e muitas opções em entretenimento e compras, saber quanto levar para Orlando em 2019 pode ser uma verdadeira incógnita, não é mesmo?

 

Mas, não se preocupe. A equipe da Advanced te traz no post de hoje, algumas dicas que irão facilitar o tema e te dar uma ideia de quanto levar para Orlando em 2019, acompanhe!

 

 

Quanto levar para Orlando em 2019? Identifique qual o estilo de sua viagem.

 

Para chegar a uma noção sobre qual o montante da moeda americana você deverá ter em mãos na viagem, é preciso definir qual o estilo dessa viagem.

 

Vamos supor que essa viagem vai incluir dias nos parques, aluguel de carro, hospedagem, refeições fora, comprinhas…

 

É possível listar todos os passeios, gastos, e somar a isso, um valor extra reserva, para alguma emergência e eventualidade.

 

Outro fator decisivo em relação a quanto levar de dinheiro para Orlando, diz respeito ao número de dias que sua viagem terá.

 

Leve isso em conta quando fizer o cálculo que lhe dará a estimativa do valor necessário para usufruir da viagem, ok?

Se você procura por dicas de hospedagem, atrações e outras dicas sobre turismo na Disney, baixe gratuitamente nosso E-Book!

Fique atento (a) também ao câmbio turismo e suas variações. Se possível, compre dólar antes, aos poucos, para evitar que seja preciso comprar tudo de uma vez, às vésperas da viagem e com uma cotação, eventualmente, mais elevada.

 

Procure também dividir o valor tanto em espécie (papel moeda), quanto em cartão pré-pago (que evitará surpresas, caso o dólar fique em alta, por exemplo).

 

Dúvidas? fale conosco!

Qual o melhor dia da semana para comprar dólar

0

 

5698

 

Quem costuma viajar para fora tem no câmbio turismo, mais especificamente na compra de dólar em espécie, a maneira mais usual para carregar dinheiro para a trip.

 

 

Com a constante oscilação do dólar no câmbio turismo, uma dúvida recorrente é exatamente sobre qual o melhor momento para adquirir a moeda estrangeira por um valor mais em conta.

 

 

Afinal, qual o melhor dia da semana para comprar dólar? Será que existe um dia durante a semana, em que o dólar costuma apresentar baixa em relação ao real, ou isso é apenas especulação?

 

 

Falaremos sobre isso a seguir, acompanhe!

 

 

Qual o momento certo de comprar dólar?

 

Quando falamos sobre a compra do dólar, é mais coerente pensarmos em qual é o melhor momento para efetuar a compra, ao invés do melhor dia da semana.

Isso deve-se ao fato de que, por mais conhecimento que você possa ter em relação ao câmbio turismo e mercado financeiro em geral, não há exatamente um dia da semana específico, que possa garantir um valor mais baixo da moeda americana.

Há algumas dicas, é verdade, que poderão lhe ajudar a encontrar um momento mais vantajoso para aquisição do dólar. Por exemplo:

 

 

  • Acompanhe o cenário político e econômico

Uma medida econômica adotada pelo governo, a queda do petróleo ou algum item relevante, e demais acontecimentos, tanto no Brasil como no mundo, influenciam de maneira direta no preço do dólar, para cima ou para baixo. sendo assim, procure manter-se informado em relação ao noticiário nacional e estrangeiro e sinta como o mercado está reagindo aos fatos.

 

Se você quer receber essas notícias diariamente, cadastre-se em nossa newsletter e escolha a opção “Panorama diário de Mercado”

 

 

  • Monitore a cotação do dólar

O histórico da moeda nas últimas semanas, bem como a cotação do dia, vão lhe oferecer insumos para ajudar a escolher o melhor momento para comprar dólar. Claro, os riscos não são nulos e não há como evitar, por exemplo, que no dia seguinte a moeda baixe, assim como o contrário. No entanto, você poderá comparar preços de cotações de diversas corretoras e bancos e assim, investir naquela que ofereça um valor mais em conta.

 

Dúvidas? Entre em contato!

Sua viagem está próxima e deixou para comprar dólar na última hora? Clique aqui e saiba como resolver essa questão.

QUAL O LIMITE DE COMPRA DE DÓLAR?

0

Quem acompanha o câmbio turismo e está em vias de planejar uma viagem para fora do país, está sempre se deparando com algum tipo de dúvida em relação à moeda americana.

Saber, por exemplo, qual o limite de compra de dólar, é uma das questões mais recorrentes, haja vista que é necessário avaliar valores, custos da viagem reserva para eventuais necessidades, compras, etc.

Se munir de tal informação é fundamental para que sua viagem de negócios ou de turismo, flua da melhor forma possível e que você não precise ficar se preocupando com a questão do dinheiro, não é mesmo?

Para esclarecer o assunto, preparamos o artigo de hoje. Para saber qual o limite de compra de dólar, continue a leitura deste artigo.

023

Limite de compra de dólar : verdade ou mito?

Conforme matéria publicada pelo portal Exame, há de fato, um “limite” de compra de dólar para ser transportado para uma viagem.

Não necessariamente de compra, mas que pode ser levado em uma viagem, sendo isento de declaração à Receita Federal.

O teto gira em torno de R$ 10 mil em espécie. Caso o seu montante em dólares seja acima desse valor, será preciso preencher uma documentação alfandegária no aeroporto, por exemplo.

Dito isso, temos, portanto, a confirmação de que não há, de fato, um limite do valor que você pode comprar, levar e utilizar em sua viagem.

Uma dica interessante para quem está em vias de viajar, acredita que o valor estipulado para a isenção da declaração e preenchimento do documento não é o bastante, é ter em mente o seguinte:

O  cartão de crédito ou até mesmo cheque /cheque de viagem,  não é agregado ao valor, esteja você viajando para fora de navio, carro ou avião.

Realizar a declaração é importante, caso contrário, é possível que o valor extra poderá ser retirado de sua posse.

VAI VIAJAR E DEIXOU PARA COMPRAR DÓLAR NA ÚLTIMA HORA – E AGORA?

0

15874

 

Quem procura manter as finanças pessoais em dia, e costuma fazer turismo internacional, provavelmente já está familiarizado com a dica dos especialistas, no que se refere a comprar dólar.

 

A recomendação é a de sempre comprar a moeda americana aos poucos, sobretudo em momentos onde ela apresenta queda.

 

Mas, nem sempre as coisas saem como planejamos, não é mesmo? Uma viagem de última hora, atribulações cotidianas, e quando vemos, estamos diante da necessidade urgente de adquirir o dólar para viajarmos na última hora- e agora?

Se este é o seu caso e você está às vésperas da viagem, na cruel dúvida sobre comprar as cédulas, ou até mesmo lançar mão do cartão, não se preocupe. A seguir, te daremos dicas sobre o tema, confira!

 

Comprar dólar na última hora: como proceder?

 

Quanto tempo falta para a sua viagem? Se ela fosse daqui 6 meses, a dica seria a de adquirir uma cota mensal da moeda. Mas, se a viagem ocorrerá daqui uma ou duas semanas, ou em poucos dias, o jeito é comprar o valor estimado que necessita, de uma vez.

 

Muito embora nestas situações, algumas pessoas prefiram deixar até o último dia para comprar a moeda, tal atitude não é recomendada. Isso porque se corre o risco de ser surpreendido (a) com uma alta da moeda. Dependendo do valor que necessita, não é muito interessante correr tal risco.

 

Dólar em espécie ou em cartão?

 

A grande questão sobre recarregar o cartão pré-pago com dólar, ou comprar a moeda em espécie, se debruça exatamente no que se refere ao IOF( (Imposto Sobre Operações Financeiras) aplicado em cada item.

 

A moeda em espécie tem IOF de 1,1%, enquanto no cartão de crédito e pré-pago, pode chegar até 6,38%.

 

Porém, a segurança do cartão pré-pago é uma vantagem a se considerar em relação ao dinheiro em espécie. Sendo assim, é possível usar o bom senso e dividir determinado valor para o cartão e outro em espécie, por exemplo.

 

Quer mais dicas sobre Dólar Turismo e mercado financeiro em geral? Então acompanhe nossas próximas postagens! Ou acesse nossa página e entraremos em contato.

 

Dúvidas sobre: moeda em espécie x cartão de crédito x cartão pré-pago? Leia essa matéria.

DINHEIRO PARA VIAGEM: DÓLAR X PRÉ-PAGO X CARTÃO DE CRÉDITO

0

 

Ao se planejar para uma viagem, ou até mesmo na falta do planejamento e a necessidade de realizar o deslocamento para outro país de última hora, a dúvida em relação ao dinheiro para viagem surge.

 

O que é melhor? Qual a opção mais vantajosa? Dólar x pré-pago x cartão de crédito: qual alternativa adotar para transportar  o dinheiro para viagem?

 

Falaremos sobre esse tema na sequência, acompanhe.

02

Dinheiro para viagem: analise cada uma das alternativas

 

Na dúvida sobre qual tipo de moeda levar para a viagem? Nossos especialistas são unânimes ao afirmarem que é preciso, antes de tudo, analisar cada opção, de acordo com o momento atual do mercado

 

Pesquisar é a palavra-chave mais importante diante de tal cenário, uma vez que ao se munir de informações relevantes, você poderá compreender qual das opções é mais interessante, de acordo com o ponto de vista financeiro.

 

O dinheiro vivo, ou seja, o dólar em espécie, costuma oferecer uma certa vantagem, como a questão do valor do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras). Ele é 1,1%, menor  que as demais opções, como pré-pago e cartão de crédito.

 

Sua “desvantagem”, seria a questão as segurança, afinal, é cada vez menos aconselhável sair por aí portando uma quantidade elevada de moeda em espécie.

 

O cartão pré-pago e o cartão de crédito tem como vantagem o fator segurança. Especialmente no que se refere ao pré-pago, além da segurança, o usuário tem maior controle, flexibilidade e autonomia em seus gastos, sabendo exatamente o quanto dispõe de crédito para usufruir.

 

Levando em consideração os pontos positivos e negativos de cada modalidade acima mencionada, a pergunta que não quer calar é: qual devo escolher para levar dinheiro para a viagem?

 

A resposta é bem simples: use todos os meios. Divida seu dinheiro, levando certo montante em espécie, carregue seu cartão pré-pago com outra quantia e leve o cartão de crédito, caso ocorra alguma necessidade de usá-lo.

 

Dessa maneira você garante mais segurança, comodidade e não fica na mão, caso o dinheiro acabe antes do programado.

Cidades baratas para viajar pela América do Sul

0

A América do Sul tem vários destinos maravilhosos para você fazer uma viagem internacional. E o melhor, é mais barato do que outros destinos como América do Norte ou Europa, assim você pode realizar sua viagem para fora do Brasil sem gastar muito.

 

Os países da América do Sul possuem moedas mais fracas que o real, dessa forma pela América do Sul, é possível fazer uma viagem internacional sem gastar muito.

 

No nosso vídeo abaixo você vai descobrir alguns pontos turísticos muito legais para uma viagem internacional barata:

 

Além destes, a América do Sul tem alguns outros destinos muito especiais que recebem visitantes de todos os cantos do mundo, veja:

 

Isla del Sol, na Bolívia

É provável que todo mundo que sonha em desbravar a América do Sul adoraria fazer a Rota Bolívia-Peru-Chile. E claro que o Lago Titicaca não poderia faltar na lista de lugares para visitar. Sendo o maior lago navegável do mundo, com nada menos que 41 ilhas, qual delas escolher?

 

Não tem como errar com a Isla del Sol. Com acesso pela cidade de Copacabana, e com área de 14,3 km², trata-se da maior e uma das mais belas ilha do lago. É uma ilha considerada sagrada para os incas, pois lá se encontravam os santuários das “virgens do sol”, dedicado ao Deus Sol.

isla-del-sol-bolivia

 

Los Roques, Venezuela

Maior parque marinho da América Latina, o Parque Nacional Arquipélago de Los Roques tem algumas das paisagens mais paradisíacas do continente. O conjunto de 42 ilhas tem uma área total de 22 mil hectares e pode-se passar dias e dias explorando cada cantinho, seja relaxando e apreciando a paisagem, seja andando de caiaque, veleiro, bote ou catamarã, ou praticando windsurf, pesca, mergulho para ver uma variedade inacreditável de espécies marinhas (consta que 98% das espécies coralinas existentes no mundo estão lá)?

los-roques-venezuela

 

Rota dos 7 Lagos, Argentina

Nunca um simples deslocamento entre cidades foi tão lindo: o caminho de 107 quilômetros que une as cidades de San Martin de Los Andes e Villa La Angostura, na Argentina, ganhou o nome de Rota dos 7 Lagos (ou Caminho dos Sete Lagos) e oferece algumas das mais belas paisagens da Patagônia argentina. Apesar de levar o número 7 no nome, a rota possui na verdade 9 ou 10 lagoas, ainda que os mais conhecidos sejam Correntoso, Escondido, Espejo, Falkner, Machónico, Villarino e Lácar. Uma dica: evite fazer a roda de ônibus, pois não há muitos pontos pelo caminho.

rota-dos-7-lagos

 

Cabo Polonio, Uruguai

Que tal se o seu próximo destino de viagem fosse um pequeno povoado sem luz elétrica, internet ou asfalto? Difícil de imaginar? Pois com a paisagem que Cabo Polonio, no Uruguai, oferece, nenhuma modernidade vai fazer muita falta. A península localizada a 260 km de Montevidéu é considerada por seus visitantes um lugar mágico. Praias praticamente desertas, enormes dunas ao redor da cidade, leões marinhos quase sempre presentes nas ilhas da costa, e um céu estrelado com um pôr do sol dos mais belos já vistos, fazem parte do “pacote”. O acesso ao balneário é restrito – a estrada mais próxima fica a 7 km, e chega-se a cavalo ou por carros 4×4. A pequena população é formada principalmente por pescadores, artesãos e funcionários do farol. Mas para os mais assustados, um alívio: muitos estabelecimentos da região possuem gerador próprio, então ninguém vai ficar no escuro o tempo todo.

Cabol Polonio - Uruguai

 

Além destes destinos, claro, as capitais dos países vizinhos ao nosso são ótimos locais para uma viagem internacional barata, e Chile, Argentina, Uruguai, são países lindíssimos que valem muito a pena serem visitados.

Destinos menos famosos para uma viagem pela Alemanha

0

A Alemanha é um país muito rico em cultura e história, e que valoriza seu passado preservando ao máximo seus museus, arquiteturas de regiões medievais, barrocas e coloniais. Com vasta e saborosa gastronomia, você pode degustar muito mais do que os famosos salsichões.

 

Abaixo selecionamos alguns destinos interessantes, cada um por seus motivos. Porém, a Alemanha tem tantos destinos especiais, milhares de pontos turísticos, que nós faremos outro post para falar sobre outros locais que merecem atenção e visita.

 

Heidelberg

Este é um destino para quem pretende ter, pelo menos por uns dias, uma viagem romântica, e curtir sua companhia com mais exclusividade. Com ruas cheias de cores e arquitetura que mescla o moderno com o clássico, além de ser povoada por muitos jovens cheios de vida e animação, a cidade é propicia para encantar e apaixonar ainda mais o casal.

 

Trier

Esta é a cidade mais antiga da Alemanha. Também se destaca por uma maravilhosa arquitetura, repleta de ruínas que nos fazem lembrar de toda a história europeia e alemã. Todas as antigas construções são praticamente pontos turísticos, tamanho encantamento.

 

Füssen

Outro destino cheio de romantismo é Füssen. Também encanta por sua arquitetura, e possui natureza de cair o queixo. Essa mistura, além de estimular o romantismo na vida de quem visita, também causa uma sensação bastante positiva e prazerosa ao estar por lá.

 

Marburg

Marburg é uma cidade universitária. Assim como a maioria delas, é animada, cheia de vida e encantos. Parece estar sempre a descobrir e vivenciar as belezas da vida. Como a maioria das cidades alemãs, encanta pela arquitetura que faz com que as pessoas sintam-se em um conto de fadas.

 

Rothenburg ob der Tauber

Outra cidade romântica, Rothenburg ob der Tauber tem seu passado marcado por guerras, e pela antiga rixa entre católicos e protestantes. A cidade foi cenário de filmes como Pinóquio e Harry Potter, e recebe visitantes fãs dos dois longa metragem.

 

Com uma arquitetura muito marcante, ainda com sinais medievais, brasões de familiares nas portas das casas, a cidade esbanja história e charme.

 

Kassel

Outra cidade que está na rota dos contos de fada é Kassel. Ela é independente do governo alemão, uma diferenciação bacana no quesito político-econômico do lugar e possui 1100 anos, tendo o seu principal parque como patrimônio mundial da UNESCO. Lá é a casa dos famosos irmãos Grimm e você vai presenciar uma linda arquitetura e natureza maravilhosamente linda.

 

Bingen am Rhein

Bingen am Rhein é uma cidade que vai te marcar pela sua natureza cheia de cor e flores. A mistura com a arquitetura de construções históricas cria cenários de encher os olhos. Outro fator que atrai o turismo na cidade são os festivais culturais.

 

 

Garmisch-Partenkirchen

Tida como uma das mais bonitas da Europa, Garmisch-Partenkirchen é a cidade bem típica alemã, onde se encontra a montanha mais alta do país. Esta montanha tem alguns dos principais atrativos locais, pois além de ser um pico para uma vista maravilhosa, ela também possui bons restaurantes com uma paisagem muito especial.

 

Bamberg

Este é um destino para quem quer beber cerveja alemã. Bamberg é famosíssima por suas cervejarias em ambientes de arquitetura medieval. A Cidade Histórica de Bamberg é reconhecida pela UNESCO como patrimônio histórico. Além disso, a cidade conseguiu preservar seu caráter medieval ao longo do tempo.

 

Outra qualidade da cidade são as suas construções que relembram uma época de muitas ruínas e perseguição religiosa.

 

Wismar

Esta é uma cidade independente da Alemanha. Todo o município é patrimônio mundial da UNESCO por suas construções arquitetônicas de tijolos tradicionais. A arquitetura do local é muito bonita, e possui tradições que são compartilhadas com povo sueco.

 

Weimar

Também patrimônio mundial pela UNESCO, Weimar tem lindos parques e prédios de arquitetura clássica. Com uma universidade forte, a cidade é conhecida também por suas festas e alegria dos jovens estudantes.

 

Weimar foi habitada pelo filósofo Nietzsche, o que também ajudou a tornar a cidade um destino procurado por turistas.

 

As opções de destino na Alemanha são inúmeras. Todo mundo que visita o país fica encantado com a receptividade, a beleza, a organização e o respeito a vida.

 

Já visitou algum desses destinos? Conta pra gente!

Leis curiosas em países europeus

0

Viajar para outro país é uma imersão de cultura, seja por conta da língua, pela comida ou pela paisagem linda que você sempre sonhou em ver com seus próprios olhos.

Quando vamos a outro país, temos que entender que também estamos sujeitos as leis locais!! Portanto, antes de visitar outro país, pesquise sobre as leis locais, pode ser crucial para uma viagem tranquila.

 

Nós fizemos um post colocando algumas leis curiosas de destinos muito visitados no mundo. É importante ficar atento:

 

Palma de Maiorca / Espanha
Se você for a praia, e sair da areia de biquíni e/ou roupas de banho, você será multado. Essa lei foi criada a pedido dos moradores locais, cansados de ver pessoas andando de maneira “inadequada” fora da areia. A multa varia de 50€ a 250€.

 

Barcelona / Espanha
Mulheres andarem de top e homens andarem sem camiseta (tronco nu de maneira geral) na rua também dá multa, de 120€ a 300€.

 

Veneza / Itália
Em Veneza, a maneira que o governo arrumou para controlar o crescimento da população de pombos foi colocar uma multa para quem for flagrado alimentando as pombinhas.

 

Florença / Itália
É proibido comer perto de igrejas ou de algum edifício público. As multas são altas, e não possuem um valor pré-estabelecido. Isso é preocupante pra mochileiro, que sai comendo um lanche na rua. Por isso, evite sair andando e comendo.

 

Capri / Itália
Prepare um calçado bem confortável, pois andar com calçados “barulhentos” pode te render uma multa!

 

Eraclea / Itália
Fazer castelo de areia na praia é proibido e rende multa, assim como tentar levar concha do mar pra casa. Nos dois casos a multa vai de 25€ a 250€!

 

Cascais / Portugal
Pisar na grama pública, circular com animais de estimação ou acampar na praia, dá multa e das altas. A lei já funciona e obrigou infratores a pagarem multas de 20€mil até 37€mil.

 

França
Sabia que é “ilegal” beijar na boca dentro da estação de metrô/trem francês? A lei é de 1910 e, apesar de não ser tão perseguida, ainda existe.

 

Irlanda
É considerado uma ofensa beber em público, na rua. Mesmo assim, não é raro na área central de Dublin ver essa cena, mas não é bom arriscar já que a polícia pode dar multas caso seja flagrado.

 

Informe-se sobre as leis dos países que visita, não deixe sua diversão se transformar em um pesadelo!

Como dar gorjeta em outros países

0

Gorjeta é uma tradição ao redor do mundo, mas em cada país funciona de uma forma. Este é um tema importante de se ter conhecimento, pois pode ser interpretado como desaforo em muitos lugares. Portanto, você sabe como dar gorjeta em alguns países?

 

Como dar gorjeta nos Estados Unidos?

Nos Estados Unidos a gorjeta é levada muito a sério. E não é só em restaurantes! Além dos locais que você vai para comer, os táxis também esperam que você dê entre 15 e 20% do valor após a refeição ou corrida. Outra tradição é, se você for para um bar, calcule desembolsar um dólar por drink. No serviço de hotel, o valor depende da função, mas varia entre US$ 1 e US$ 4. Este é o típico caso em que não se deve ignorar essa regra social, pois é considerado falta de educação nos Estados Unidos!

 

Como dar gorjeta na França?

A maioria dos restaurantes franceses já incluem no cardápio a frase “service compris”, que significa ‘serviço incluso’, mas nem por isso que a gorjeta será deixada de lado. A tradição na França indica que quando o cliente fica muito satisfeito com o atendimento, ele deixa uma gorjeta que pode ser 10% do valor total da conta, ou um valor entre 2 e 5 euros.

 

Como dar gorjeta em Portugal e Espanha?

Nos restaurantes, além do serviço, é de bom grado incluir 5 ou 10% do total da conta em dinheiro. Em bares, deve-se dar $0,20 de euros por drinque consumido e, nos hotéis, dê sempre $1 euro por bagagem carregada ou por serviço prestado no quarto. Os taxistas não esperam gorjeta, por isso, fique à vontade para decidir o que fazer nestes casos.

 

Como dar gorjeta na Alemanha?

É comum que a gorjeta não esteja incluída na conta. Assim, caso o serviço seja bom e você esteja em um restaurante, recomenda-se uma gorjeta de 5 a 10% do valor total da conta. É muito comum também arredondar o valor da conta, claro, para cima. Nos bares, apenas o arredondamento já fica de bom tamanho, quando o serviço foi considerado bom.

 

Como dar gorjeta na Inglaterra e no Reino Unido?

Nos países do Reino Unido, apenas quando o serviço for excepcional é que existe a tradição da gorjeta. O recomendado nestes casos é que seja 10% do valor total da conta. Em alguns lugares é cobrada uma taxa de serviço na conta, e aí o visitante não precisa se preocupar com a gorjeta.

 

Como dar gorjeta na Itália?

Os restaurantes italianos normalmente incluem 10% na conta, mas bares, taxistas e porteiros de hotéis não as pedem, apesar de sempre aguardarem por uns euros extras.

 

Como dar gorjeta na Grécia?

Para os gregos a gorjeta é opcional e normalmente eles não esperam recebê-la. Sendo assim, em bares, táxis e hotéis, é uma decisão de cada turista dar ou não uma pequena quantidade extra de moedas. Inclusive, nos restaurantes o serviço é cobrado junto com a conta, apesar de culturalmente considerarem educado dar um pouco mais.

 

Como dar gorjeta na Argentina?

Quando o serviço é bom, ou seja, atendimento dentro do padrão, costuma-se pagar 10% do total da conta como gorjeta diretamente para a pessoa que lhe atendeu, sendo assim, separe dinheiro em espécie para o agrado.

 

Como dar gorjeta na Turquia?

Os restaurantes mais simples, incluem de 5 a 10% nas contas e, os de luxo, somam entre 10 e 15% no valor consumido. Nos hotéis, deve-se dar cerca de US$ 1 para cada pessoa que prestou serviço. Em táxis e bares, as gorjetas não são esperadas.

 

Como dar gorjeta na Austrália?

Este é um país que foge um pouco da tradição mundial. Na Austrália, os funcionários não esperam gorjeta, e um dos principais motivos é pelos bons salários que os profissionais recebem. Inclusive é bastante comum que ao receber uma oferta de gorjeta, as pessoas a recusem. Caso você queira muito contribuir com a pessoa, o ideal é oferecer 10% para quem o atendeu.

 

Como dar gorjeta no Japão?

A gorjeta não é grande coisa no Japão, e em muitos casos não é apreciada. Isso acontece pois os japoneses se orgulham de prestar serviços de alta qualidade. Assim, dar dinheiro extra pode ser rude e, geralmente, só os guias turísticos aceitam, mas nunca esperam.

 

Como dar gorjeta na China?

Dar gorjeta na China pode ser muito ofensivo em alguns lugares. A prática é historicamente ilegal e, em algumas regiões, ainda é. Em áreas rurais, o turista pode causar pânico ao dar dinheiro extra. Assim como no Japão, os guias turísticas costumam aceitar, mas não esperam receber.

 

E aí, você está preparado para visitar outros países? Conte para a gente quais suas experiências com gorjetas fora do Brasil!