QUAIS PAÍSES NO EXTERIOR NÃO PRECISAM DE VISTO?

0

850

 

É de conhecimento público o fato de que, em linhas gerais, viajar para países no exterior implica na necessidade de obter determinado tipo de visto. De acordo com o motivo que leva o estrangeiro a adentrar em outro país, há um visto alinhado a tal necessidade.

 

O visto varia também em relação ao tempo de permanência permitido, o que em alguns casos, acaba sendo um contratempo ao visitante, que pleiteia um tempo maior de permanência, que pode lhe ser negado.

 

Porém, isso não ocorre em todos os países. Na verdade, há diversas outras localidades no exterior, cujos países não exigem o visto para os brasileiros, por exemplo.

 

Afinal, quais são estes países? Te contamos a seguir, acompanhe!

 

Viagens internacionais: mais de 150 países dispensam visto para brasileiros

 

Se você tem o passaporte em dia e planeja viajar ao exterior, já tem comprado sua reserva de dólar e/ou moeda estrangeira, seja em espécie, seja no cartão pré-pago, mas estão com receio de não obter o visto desejado, há ao menos no mínimo, 150 opções de países diferentes para você visitar.

 

Há alguns países que dispensam até mesmo o passaporte, permitindo a entrada até mesmo com o RG.

 

Confira a lista com os principais destinos, a seguir:

 

América do Sul

  • Argentina (é possível entrar apenas com RG);
  • Bolívia (dispensa visto por até 30 dias e permite o ingresso com RG);
  • Chile (é possível entrar com o RG);
  • Colômbia (dispensa visto por até 180 dias e permite entrada com RG) Equador (permite entrada com RG);
  • Guiana;
  • Paraguai;
  • Peru;
  • Suriname;
  • Uruguai;
  • Venezuela (dispensa visto por até 60 dias).

 

América Central:

  • Antígua e Barbuda (no período de até 180 dias não é necessário visto);
  • Bahamas;
  • Barbados (no período de até 180 dias não é necessário visto);
  • Belize;
  • Costa Rica;
  • El Salvador;
  • Granada;
  • Guatemala;
  • Haiti;
  • Honduras;
  • Nicarágua;
  • Panamá;
  • República Dominicana.

 

América do Norte:

  • México.

 

Europa:

  • Portugal;
  • Reino Unido;
  • República Tcheca;
  • Romênia, Rússia;
  • Suécia;
  • Suíça;
  • Vaticano, entre outros.

 

Já preparou as malas? Conte com a gente para obter a melhor taxa de câmbio do mercado para comprar moeda estrangeira!

TABELA DE VALIDADE DE VISTOS PARA BRASILEIROS

0

98Todo cidadão brasileiro que pretende viajar para outro país, via de regra,necessita de um visto para pisar e permanecer por determinado tempo, em um território estrangeiro.

 

Quem concede este documento são as Representações Consulares do Brasil no exterior.  Se você nunca foi para fora do país e não sabe como proceder, saiba que para fazer o pedido do visto, é preciso seguir alguns trâmites e normas.

 

Elas implicam desde o preenchimento de um formulário, até o documento de viagem válido, Certificado Internacional de Imunização em alguns casos, entre outros.

 

Quem já possui o documento e está planejando uma viagem internacional, deve se atentar se o visto é válido para o país de destino, bem como se ele se encontra dentro do prazo de validade.

 

Você sabe qual a tabela de validade de vistos para brasileiros? É o que veremos a seguir, acompanhe.

 

Validade de vistos: qual o prazo?

De acordo com o site da Polícia Federal:

 

“O prazo de validade do visto é aquele ao longo do qual o visto poderá ser utilizado para entrada no país”.

 

Sendo assim, ele pode ser de duas naturezas:

 

Visto de visita​: vale por um ano e permite várias entradas no país, durante 12 meses.

 

Ainda segundo a Polícia Federal:

 

“Quando houver reciprocidade de tratamento o visto poderá ter prazo de validade de até 10 (dez) anos.”

 

(Fonte: http://www.pf.gov.br/servicos-pf/imigracao/duvidas-frequentes/qual-o-prazo-para-usar-o-visto).

 

Visto temporário​: tem concessão de até um ano, e enquanto válido, também permite entradas ilimitadas.

 

Há uma observação importante em relação a tabela de validade de vistos para brasileiros. A validade do visto, não deve se confundir por exemplo, com o prazo de autorização de residência concedido no momento do registro.

 

Em síntese, vistos temporários, de acordo com a PF, sempre tem “o prazo de um ano, devendo a PF estabelecer o prazo de residência conforme cada hipótese legal”.

 

Vale dizer que, em países como os Estados Unidos, por exemplo, a validade do visto vai depender do agente que entrevistar o solicitante.

 

Além disso, é importante lembrarmos que há países em que o visto não é necessário, dependendo do tempo em que o viajante for permanecer.

 

Na Argentina, por exemplo, ele é dispensado caso você fique até 90 dias. Bolívia e Aruba também dispensam o documento, caso a estadia seja de até 30 dias.

 

Se você pretende viajar, não se esqueça de realizar a cotação de sua moeda estrangeira com antecedência. Para isso, conte com a Advanced Corretora e garanta as melhores taxas! Saiba mais.

 

Consulados e Vistos

0

A Casa Paulista sabe como tirar visto para viajar pode ser chato e causa complicações na sua viagem. Pensando nisso fizemos uma compilação dos documentos necessários e endereços de alguns consulados em São Paulo.

É importante lembrar que você deve fazer o requerimento do visto com antecedência para evitar transtornos.

Esse post será atualizado sempre com informações sobre mais países, então caso você não encontre o que procura aqui, deixe-nos um comentário e mais rápido do que você imagina postaremos a informação que você precisa 😉

– Consulado Geral da República da África do Sul – São Paulo – SP

Endereço: Avenida Paulista, 1754 – 12º andar Cidade: São Paulo Estado: São Paulo Cep: 01310-920 Telefone: (0xx11) 3265-0449 Fax: (0xx11) 3285-1185 Email: veronesea@foreign.gov.za

Visto

Brasileiros não precisam de visto para entrar na África do Sul desde que a permanência seja de até 90 dias.

Visto de estudante (acima de 90 dias)

CIV (Certificado Internacional da Vacina) contra a febre amarela, que deve ser tomada dez dias antes do embarque.

Passaporte válido por no mínimo 30 dias contados a partir da data do dia de saída do território Sul Africano, e que contenha 2 páginas em branco para uso oficial.

01 Fotografia 3×4 recente Obs: Recente, fundo branco, papel liso e brilhante.
Prova de cobertura médica no território Sul Africano

Formulário BI 1738 preenchido e assinado
Atestado de antecedentes criminais

Prova de condições financeiras suficientes para o sustento do solicitante

Atestado médico, assim como formulários BI-806 e BI-811, ambos preenchidos pelo médico.

Taxa de repatriação R$ 1.386,00 (será devolvida no final da sua estadia).

Carta oficial confirmando a matrícula da instituição, indicando a duração do estudo.

Observações:

O portador do visto de estudante poderá trabalhar apenas 20 horas semanais.

Toda documentação solicitada deve ser autenticada.

Caso o documento tenha sido emitido no exterior, deve ser legalizado no país de origem e ser traduzido por um tradutor juramentado credenciado no Consulado.

Para menores de 21 anos

Autorização dos pais ou responsável legal

Informações sobre o responsável pelo estudante no país e uma carta de confirmação emitida pelo mesmo.

 

– Consulado-Geral do Canadá – São Paulo – SP

 

Endereço: Centro Empresarial Nações Unidas – Torre Norte Av. Nações Unidas, 12901 – 16º andar – Brooklin Cidade: São Paulo Estado: São Paulo Cep: 04578-000 Telefone: (0xx11) 5509-4321 /4343 Fax: (0xx11) 5509-4260 / 62 Email: spalo-immigration@international.gc.ca Site: http://www.canadainternational.gc.ca/brazil-bresil/splash.aspx

Horário de atendimento ao público:  2ª à 5ª feira: 8:00-12:00 hs e 13:00-17:00 hs
6a feira: 8:00 – 13:30 hs.

Setor de Vistos e Imigração:
tel.: (0xx11) 5509-4343
fax: (0xx11) 5509-4262
e-mail: spalo-immigration@dfait-maeci.gc.ca

e-mail: infocentre-spalo@dfait-maeci.gc.ca

Visto

Brasileiros necessitam de visto para entrada no Canadá.

Para obter o visto TURISMO:

Passaporte com validade mínima de 6 meses e passaportes anteriores, caso houver.

Cópia do RG

Formulários preenchidos e assinados (Formulário Visto Turismo, Info Adicionais, Instrução de Preenchimento, Autorização para Representante, Family Information e Termo de Consentimento);

Duas fotos recentes 3 x 5.

Cópias do Imposto de Renda e recibo de entrega.

Cópias dos três últimos hollerits e carta do empregador informando o período do gozo de férias.

Cópias dos últimos três pró-labores e do último Contrato social.

Cópia do último mês de extratos bancários (aplicações poupança e fundos de investimentos).

No caso do solicitante receber suporte financeiro (pais, filhos, empresa etc…) anexar documentação financeira dos mesmos, junto com carta informando que irão custear suas despesas durante o período de estadia no Canadá.

Menores de 18 anos viajando desacompanhado dos pais, deverão ter carta de autorização de viagem assinadas pelos pais e com reconhecimento de assinaturas em cartório.

Comprovante de residência (nome do requerente).

 

Visto de Estudante

Formulários preenchidos e assinados (Formulário Visto Turismo, Info Adicionais, Instrução de Preenchimento, Autorização para Representante, Family Information e Termo de Consentimento);

Duas fotos recentes 3 x 5.

Cópias do Imposto de Renda e recibo de entrega.

Cópias dos três últimos hollerits e carta do empregador informando o período do gozo de férias.

Cópias dos últimos três pró-labores e do último Contrato social.

Cópia do último mês de extratos bancários (aplicações poupança e fundos de investimentos).

No caso do solicitante receber suporte financeiro (pais, filhos, empresa etc…) anexar documentação financeira dos mesmos, junto com carta informando que irão custear suas despesas durante o período de estadia no Canadá.

Menores de 18 anos viajando desacompanhado dos pais, deverão ter carta de autorização de viagem assinadas pelos pais e com reconhecimento de assinaturas em cartório.

Passaporte com validade mínima de 06 meses e, caso haja, passaporte anterior que comprove viagens ao exterior.

Comprovante de residência (nome do requerente).

 

Fonte: Canadá Turismo http://www.canadaturismo.com.br/visto-canadense.aspx

Observações:

A taxa de processamento não será devolvida mesmo que o pedido de visto seja recusado.

Somente são aceitos formulários nos idiomas oficiais: inglês e francês.

 – Consulado Honorário da Irlanda – São Paulo – SP

Endereço: Al. Joaquim Eugenio de Lima, 447 Cidade: São Paulo Estado: São Paulo Cep: 01403-001 Telefone: (0xx11) 3147-7788 Fax: (0xx11) 3147-7770 Email: hcisp@yahoo.com

Expediente: Segunda/Sexta – 14:00 às 17:00h
Visto

Brasileiros não precisam de visto para entrar na Irlanda desde que a permanência seja de até 90 dias.

Visto de estudante (acima de 90 dias)

Passaporte válido, com validade superior a 6 meses, depois do término do curso. Se possível, apresentar cópia dos passaportes anteriores, exibindo o histórico de imigrações do aluno. Todas as páginas devem ser copiadas, e não apenas as que apresentam vistos válidos;

Passagem de ida e volta;

Comprovantes de fundos suficientes até o fim da permanência (ex. declaração de renda, extrato bancário, traveller’s checks etc.);

Seguro Médico completo durante o período em que permanecerá na Irlanda;

Documento de confirmação de reserva de acomodação e comprovante de matrícula, como prova da intenção de estudar na Irlanda.

Uma vez que o Oficial de Imigração analisar os documentos acima, ele selará o passaporte do estudante para um período de 5 – 90 dias, baseado nas informações solicitadas pelo estudante. A data escrita no passaporte é a data que o estudante deverá apresentar-se no escritório de imigração (GNIB), localizado no centro de Dublin.

Após a chegada: Requisitos de imigração
Ao chegar na escola, o aluno deve se apresentar ao Oficial de Bem Estar dos Estudantes, que o ajudará a abrir uma conta bancária, necessária antes de se apresentar à Imigração.
Para estudantes de curto prazo, a abertura da conta pode não ser necessária, isto deve ser confirmado com o oficial ao chegar na escola.

Após a abertura da conta, o Oficial de Bem Estar do Estudante entregará uma carta que deve ser apresentada à Guarda Nacional de Imigração (13/14 Burgh Quay, Dublin 2). Também será solicitado o pagamento de uma taxa de registro de €100.

Regras para estudantes brasileiros
Desde 18 de abril de 2005, a Irlanda mudou as regras para os estudantes brasileiros que ingressarem no País, a fim de estudar inglês. As pessoas que estiverem inscritas em um curso de idiomas de no mínimo 15 horas semanais, com duração de pelo menos 25 semanas, em escolas registradas, poderão trabalhar legalmente por até 20 horas por semana.

Fonte: STB

– Consulado Geral Britânico – São Paulo – SP

Endereço: R. Ferreira Araújo 741, 2 o andar – Pinheiros Cidade: São Paulo Estado: São Paulo Cep: 05428-002 Telefone: (0xx11) 3094-2700 Fax: (0xx11) 3094-2717 Email: saopaulo@gra-bretanha.org.br Site: http://www.gra-bretanha.org.br/

expediente:
seg/sex – 08:30 – 12:30h (p/documentação)
seg/sex – 15:00 – 16:00h (retirada de documentos)

Visto

Brasileiros não precisam de visto para entrar no Reino Unido desde que a permanência seja de até 180 dias.

Visto de Estudante – Categoria 4 (Tier 4) do Sistema Baseado em Pontos:
Deve ser solicitado por estudante que:
Pretenda estudar no Reino Unido por mais de 6 meses.
– Pretenda estudar por menos de seis meses, mas deseja trabalhar em meio expediente.

– Pretenda fazer um curso sanduíche ou qualquer outro curso de curta duração com período de estágio.

– Pretenda viajar para o Reino Unido como potencial estudante (prospective student) para finalizar os entendimentos com a instituição de ensino antes de efetivamente estar aceito e começar os estudos.

Todos os documentos que não estiverem redigidos em inglês devem ser traduzidos por tradutor juramentado.
Passaporte com validade mínima de 06 meses e anteriores, se tiver.

Formulário eletrônico preenchido em inglês e assinado (VAF 9) e mais o Formulário Appendix 8

2 fotos 3,5 x 4,5 recentes, coloridas, com fundo branco, sem adornos, sem sorrir. O tamanho do rosto no comprimento deve ficar entre 29mm e 34mm

CAS -Confirmação de Aceitação de Estudos (Confirmation of Acceptance for Studies) – fornecida por uma Instituição de Ensino licenciada pelo governo britânico.

Todos os documentos listados na CAS e utilizados para obter a inscrição no curso.

Extrato bancário com a comprovação financeira mínima exigida. Extratos eletrônicos são aceitos desde que contenham todos os dados exigidos (nome, nº da conta, data de emissão, nome e a logomarca do banco, os fundos disponíveis) e que o banco envie uma declaração, em papel timbrado, confirmando a autenticidade dos extratos fornecidos ou com o carimbo oficial do banco em todas as páginas.

Comprovação do nível de inglês. Para se inscrever em um curso, o estudante deverá comprovar um nível mínimo de inglês. É obrigação da Instituição comprová-lo antes de efetuar a oferta do curso, da forma que julgar melhor. O nível verificado deve constar do CAS. Para cursos de idiomas é o B2 do CEFR (Common European Framework of Reference for Languages).

Outros documentos que comprovem seus vínculos com o Brasil: comprovante de estudo/emprego no Brasil, Imposto de Renda, etc.

Para menores de 18 anos: autorização de viagem, assinada por ambos os pais e termo de consentimento, declarando que o menor pode viajar e viver independentemente ou arranjos de guarda definidos.

Prazo: em media 15 dias, após biometria obrigatória em um VAC.

Fonte: Vivato Turismo

– Consulado Geral da República Federal da Alemanha – São Paulo – SP

Endereço: Av. Brigadeiro Faria Lima, 2092 – 12º andar – Jardim Paulistano Cidade: São Paulo Estado: São Paulo Cep: 01451-905 Telefone: (0xx11) 3097-6644 Fax: (0xx11) 3815-7538 Email: info@sao-paulo.diplo.de Site: http://www.sao-paulo.diplo.de/

Expediente: Segunda à Sexta-feira, das 8:00 às 11:30 hs.
Jurisdição: PR/SP/MS

Visto

Brasileiros não precisam de visto para entrar a Alemanha desde que a permanência seja de até 90 dias.

 

Cidadãos brasileiros que pretendem permanecer na Alemanha por mais de três meses (permanência prolongada) poderão viajar sem visto para a Alemanha, quando o motivo de permanência for um dos seguintes:

  • União familiar
  • Casamento seguido de permanência na Alemanha
  • União familiar de crianças com os pais (ou com um dos pais)
  • Intercâmbio escolar
  • Curso de alemão
  • Estudos (ensino superior)

 

 

– Consulado-Geral da Espanha – São Paulo – SP

Endereço: Av. Brasil, 948 – Jardim América Cidade: São Paulo Estado: São Paulo Cep: 01430-000 Telefone: (0xx11) 3087-2600 Fax: (0xx11) 3063-2048 Email: cog.saopaulo@mae.es Site: http://www.maec.es/consulados/saopaulo/es/home

Expediente: 8:15 às 12:15 hs (seg/sex)
Jurisdição: SP/PR/MS

Brasileiros não precisam de visto para entrar na Alemanha desde que a permanência seja de até 90 dias.

Visto de estudante (acima de 90 dias)

Formulário de solicitação de visto de estudante devidamente preenchido e assinado pelo solicitante.

Uma fotografia 3×4 recente, fundo branco com margem superior: mínima de 2 mm e máxima de 4mm.

Passaporte com vigência mínima de 1 ano a partir da data de solicitação do visto (original + cópia)

Certificado médico.

Antecedentes Criminais com vigência mínima de 15 dias para maiores de 18 anos, expedidos pela Polícia Federal.

Importante: Tanto o atestado médico quando o de antecedentes criminais devem ser reconhecidos em um cartório que seja reconhecido pelo Itamaraty e traduzidos por um tradutor com firma na Espanha e que seja reconhecido pelo consulado espanhol.

Carta de aceitação, em papel timbrado do centro de Estudos Oficial ou Privado (com endereço e telefones/fax do centro), legalmente reconhecido, para realizar estudos com mais de 15 horas letivas semanais.  IMPORTANTE: O texto da carta deve conter nome do estudante, curso a realizar com datas ( dia, mês e ano) de inicio e final de curso.

Comprovação de disponibilidade financeira equivalente a 1.000€ por mês de permanência (cópia autenticada) e se o estudante não dispõe de meios econômicos próprios e sua manutenção corre a cargo de um familiar :Compromisso público de manutenção (expedido por tabelião) acompanhado da última declaração do imposto de renda do declarante (familiar em questão) da escritura pública e um recibo pela aquisição de moeda estrangeira (euros/usdólares) por um valor total de 1.000 €, para os gastos iniciais de chegada, conforme dito na consulta via telefone.

Seguro de saúde internacional (cópia autenticada) que entre os aspectos habituais de cobertura inclua também a repatriação em caso de falecimento. Certificado de estudos em curso no momento ou concluídos. (cópia autenticada).

Para cursos de espanhol pagará uma taxa de R$ 171,00 referente a tramitação do visto (valor sujeito a reajuste).

Colaborou: Espanha Fácil.

– Consulado-Geral da República do Chile – São Paulo – SP

Endereço: Avenida Paulista 1009 – 10º andar Cidade: São Paulo Estado: São Paulo Cep: 01311-100 Telefone: (0xx11) 3284-2044 /2185 /2148 Fax: (0xx11)3284-2097 Email: cgspaub@hotmail.com Site: http://chileabroad.gov.cl/sao-paulo/

Jurisdição: SP/DF/GO/TO/PA/AP/AM/RO/MT/RO/AC
Expediente: das 9:00 às 12:00 hs, de Segunda à Sexta-feira

Brasileiros não precisam de visto para entrar no Chile desde que a permanência seja de até 90 dias.

É possível viajar com passaporte ou carteira de identidade, desde que esteja em bom estado e não seja muito antiga.

Não são aceitos carteira funcional e certidão de nascimento para menores.

Visto de estudante (acima de 90 dias)

Certificado de aceitação da Universidade ou estabelecimento educacional reconhecido pelo Estado do Chile.

Certificado no qual conste que, vai receber um empréstimo e/ou bolsa de estudos. Em outros casos, demonstrar que dispões dos meios suficientes para viver (certificado de meios econômicos, saldo do banco ou uma declaração jurada por meio da qual os pais assumem a responsabilidade econômica, etc).

Passaporte vigente pelo prazo solicitado.

Certificado médico de saúde que não padece doenças infecto/contagiosas.

Certificados de antecedentes.

Observações:

O visto é concedido pelo prazo de um ano e é renovável no Chile.
Não é permitido trabalhar com visto de estudante.
O interessado tem que comparecer pessoalmente ao Consulado para retirar o visto.

Uma vez que o visto é concedido, há um prazo de 90 dias para ingressar no Chile.